AnaMaria
Famosos / Saudades

Tatá Werneck faz desabafo comovente sobre avó que morreu no fim de ano

Tatá Werneck falou sobre a falta que sua avó, Hermelinda Arguelhes, tem feito

Da Redação Publicado em 07/02/2022, às 11h23

Tatá Werneck lembrou o dia em que sua avó participou do Arquivo Confidencial. - TV Globo
Tatá Werneck lembrou o dia em que sua avó participou do Arquivo Confidencial. - TV Globo

Tatá Werneck emocionou os fãs e seguidores ao relatar em suas redes sociais, nesta segunda-feira (7) a falta que sua avó está fazendo. Hermelinda Arguelhes, que era conhecida como “Denguinha” pela família, morreu em 30 de dezembro passado.

Em texto publicado em seu Instagram, a atriz e humorista afirmou que a parente era a única pessoa em quem confiava e disse sentir muita falta da avó.

"'Oi, tudo bem?' é uma frase retórica. Ninguém quer saber. Sinto falta da minha avó. Ela me amava cheia de defeitos. Era a única pessoa em quem eu confiava. Sinto falta do abraço dela. Do cheirinho de vó. Ela poderia estar no CTI que se perguntasse: 'Oi, tudo bem?', ela diria: 'Tudo ótimo, graças a Deus'. Minha pergunta pra ela nunca foi retórica. Eu só queria vê-la, como sempre, transbordando fé", escreveu a apresentadora.

Além disso, a artista ainda compartilhou em suas redes sociais o vídeo de quando a sua avó fez uma participação no arquivo confidencial, do extinto ‘Domingão do Faustão’. No vídeo, “Denguinha” prestou uma homenagem à humorista, que na ocasião relatou que seu maior medo seria ver a partida da amada familiar, referindo-se a sua avó.

ALMAS GÊMEAS

Na época da morte de Dona Hermelinda, Tatá Werneck já havia feito um post emocionado sobre o assunto. Ela contou, por exemplo, que avó era sua alma gêmea e que a amava mais do que a si própria. “A mulher mais otimista. A que NUNCA me deixou desistir. Sem você eu seria um trapo. Com você sou o ser mais abençoado do mundo. Quero ser sua neta em todas as vidas, RAINHA”, homenageou.

Em outro trecho, Tatá disse que encontrou forças em sua fé para seguir em frente e expressou sua gratidão pelos momentos vividos ao lado da avó. A homenagem chegou ao fim com declarações de amor a Hermelinda e a Deus.