AnaMaria
Famosos / Saúde

Thales Bretas fala sobre piora no quadro de Paulo Gustavo: ''Dias difíceis''

Ator está hospitalizado desde 13 de março

Da Redação Publicado em 03/04/2021, às 10h02 - Atualizado às 10h02

Thales Bretas fala sobre piora no quadro de Paulo Gustavo - Divulgação/Instagram
Thales Bretas fala sobre piora no quadro de Paulo Gustavo - Divulgação/Instagram

Thales Bretas quebrou o silêncio após o quadro de saúde do marido, Paulo Gustavo, ter apresentado uma regressão. 

Por meio da sua conta oficial do Instagram, o dermatologista dividiu uma fotografia com o ator e seus filhos, Romeu e Gael. 

Na legenda da postagem, Thales explicou o motivo de ter permanecido longe das redes sociais. 

"Estou vivendo dias difíceis... optando por ficar recluso, sem expor dores ou dificuldades na internet. Vivendo um momento particular da minha família, que ainda não sei o por quê mas no futuro espero entender. E sempre com muita fé, muito pensamento positivo pra ter o amor da minha vida ao meu lado novamente", ressaltou.

E acrescentou: "Peço desculpas pela ausência, pelos pacientes que aguardam meu retorno, e até pelos amigos que não tenho conseguido responder".

Para finalizar, o médico pediu que os fãs continuem em oração: "Espero que entendam e continuem torcendo e rezando fervorosamente pela recuperação dele e de todos que sofrem com essa infecção tão sorrateira. Prefiro me manter mais recolhido poupando minhas energias todas pra cura dele".

ENTENDA 

Paulo Gustavo apresentou um agravamento de estado de saúde na noite da última sexta-feira (2). Intubado por causa de complicações da Covid-19, ele foi submetido a uma terapia por ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea). 


Boletim médico divulgado pela assessoria do ator, de 42 anos, informa que Paulo ''chegou a apresentar sinais de melhora, mas devido ao agravamento do quadro clínico, teve que passar por reajustes terapêuticos".

"Optamos pelo início da terapia coadjuvante com ECMO, com o objetivo de permitir uma melhor recuperação da função pulmonar. Após o agravamento ocorrido, a situação permanece estável nas últimas horas", informou a equipe médica.

A técnica ajuda doentes com falência cardiovascular ou pulmonar ao usar uma bomba para fazer circular o sangue por meio de uma espécie de pulmão artificial fora do corpo, regressando depois à corrente sanguínea.