AnaMaria
Famosos / Tristeza

Tiago Leifert e Daiana Garbin revelam que choram escondidos da filha: ''A gente precisa ficar forte''

Lua, filha de Tiago Leifert com Daiana Garbin, foi diagnosticada com um câncer raro nos olhos

Da redação Publicado em 31/01/2022, às 09h20

Tiago Leifert e Daiana Garbin falam sobre doença rara da filha Lua - TV Globo
Tiago Leifert e Daiana Garbin falam sobre doença rara da filha Lua - TV Globo

Tiago Leifert e Daiana Garbin resolveram falar sobre o diagnóstico raro de câncer nos olhos da filha Lua, de apenas 1 anos. Em entrevista ao 'Fantástico', exibida no último domingo (30), eles contaram que choram escondidos da menina, para que ela não note os momentos difíceis que estão passando. 

“A gente está firme, combinou de nunca chorar na frente da Lua”, disse o ex-apresentador. “Na frente da Lua é alegria, a criança sente tudo. Então, a gente decidiu que chora escondido no banheiro. A gente chora junto, mas para a Lua, não. A gente precisa ficar forte para que ela fique também”, comentou a jornalista. 

A menina, claro, não tem dimensão do que está acontecendo e, por isso, está sempre feliz, como revela Daiana. “Ela não deixa a gente ficar triste porque ela está sempre tão alegre, tão disposta, que eu falo: ‘Minha filha, você me dá força para seguir, para conseguir aceitar toda dificuldade”, contou. 

Leifert afirmou ainda que ele e a esposa têm enfrentado a doença com "força e otimismo". "Muito porque isso contagia a família, os médicos, a criança... Então isso é o mais importante. Respirar fundo e mentalizar sempre o melhor possível e ir para luta, que é o isso que a gente pode fazer (...). Não adianta ficar ruminando coisa ruim na cabeça porque isso não vai adiantar nada", disse.

O casal revelou o momento difícil na manhã do último sábado (29), com um vídeo publicado nas redes sociais. Eles afirmaram que a decisão de tornar o assunto público foi para alertar outros pais, uma vez que Lua não deu sinais e que o diagnóstico aconteceu quando a doença já estava em último estágio.

Retinoblastoma é um câncer raro que se origina nas células embrionárias da retina, dentro do olho. Cerca de 95% dos casos são em crianças menores de 5 anos.