AnaMaria
Famosos / Famosos

Tony Ramos relembra apoio de Regina Duarte a Bolsonaro: ''Se iludiu''

O ator ainda pontuou que a cultura está “abandonada”, e a ex-global achou que pudesse ter espaço no governo

Da Redação Publicado em 19/08/2021, às 11h41 - Atualizado às 11h42

Os atores Tony Ramos e Regina Duarte - Globo
Os atores Tony Ramos e Regina Duarte - Globo

A ida de Regina Duarte para o cargo de Secretária da Cultura, no governo de Jair Bolsonaro (sem partido), deixou a classe artística com um pé atrás.

Um dos atores a questionarem a atitude da Namoradinha do Brasil foi Tony Ramos. Em entrevista ao portal ‘O Antagonista’, ele se solidarizou com a passagem da colega de profissão pelo cargo.

"Quando vi aquela notícia, como ela é uma produtora teatral, no passado produziu, interpretou e participou de peças importantes, eu falei: será que ela tem algum projeto? Depois, foi o que aconteceu, lamento por ela. Que é uma ótima pessoa, muito boa colega, etc. Me surpreendeu. Eu acho que ela se iludiu achando que dariam a ela condições de trabalhar”, lamentou.

Ramos ressaltou que não é amigo íntimo de Regina, e por isso não chegou a comentar sobre o assunto com ela. Outro ponto comentado pelo veterano foi o negacionismo com relação à covid-19 e a vacina: “Me deixou sempre desesperado”.

“Não adianta ficar falando: 'ah, todo mundo tá sujeito a morrer'. Isso é desesperador. É desesperador quando você, há muito mais tempo, poderia ter tomado outras providências. Isso é um fato. Assim como é um fato que a cultura está jogada ao léu”, completou.

Tony ainda apontou a cultura como algo abandonado no atual governo. "Se me disserem: não, estamos preparando aquilo que achamos que tem que ser. Uma cultura não pode ser aquilo que alguém ache que tem que ser. A cultura é múltipla", disse.