AnaMaria
Famosos / Parabéns!

Wanessa Camargo celebra aniversário de Zezé Di Camargo com texto emocionante: ''Meu herói''

''Sou muita grata por ainda habitar o mesmo mundo que você'', declarou a cantora

Da Redação Publicado em 17/08/2021, às 20h23 - Atualizado às 20h23

Zezé Di Camargo foi homenageado por Wanessa nas redes sociais - Instagram/@wanessa
Zezé Di Camargo foi homenageado por Wanessa nas redes sociais - Instagram/@wanessa

Zezé Di Camargo está completando 59 anos nesta terça-feira (17), e para deixar a data ainda mais especial, o cantor foi homenageado por amigos, fãs e familiares nas redes sociais. 

Vanessa Camargo, filha mais velha do sertanejo, foi uma delas. A cantora não deixou o dia festivo passar em branco e, no Instagram, compartilhou um clique antigo em que aparece abraçadinha a Zezé. Na legenda, ela não economizou nos elogios ao patriarca e se declarou. 

“Meu pai, meu mentor, meu herói. Só quem está próximo ao senhor sabe a real grandiosidade que possui, e como sua luta trouxe todos nós aqui, onde estamos hoje. O amor de filha só cresce, assim como a admiração que tenho”, começou.

“Hoje, mais um ano se inicia em sua vida, e sou muita grata por ainda habitar o mesmo mundo que você. Em tempos como os que estamos vivendo, isso é uma benção e um privilégio dos céus. Te amo e estarei sempre aqui! Feliz aniversário, da sua eterna primogênita!”, concluiu Vanessa.

APOIO A BOLSONARO E VOTO IMPRESSO
Zezé Di Camargo participou de um vídeo publicado pela deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP). Na gravação, que ele aparece apoiando o voto impresso, ideia defendida pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

“Apenas uma meia dúzia de pessoas que vão conferir se a máquina realmente computou seu voto como desejava. É muito estranho as pessoas não quererem isso”, diz o cantor na gravação.

Camargo também fala que é um direito do brasileiro saber em quem votou e ter a certeza de que o voto foi computado. "Eu não sei porque estão contra", desabafou. 

Na sequência, o sertanejo finalizou convocando o povo para as ruas no próximo dia 1º de agosto, para pedir o voto auditado: "Eles ficam falando que é retrocesso, mas não vai voltar nada, a maquininha continua, ela só vai te dar um recibo". O cantor também aproveitou para falar que o povo deve lutar para que as eleições sejam transparentes.