AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria
Notícias / Famosos / Outubro Rosa

Zileide Silva relembra diagnóstico do câncer de mama: ''Um terror''

Jornalista já realizou uma cirurgia e sessões de quimioterapia para tratar a doença

Da Redação Publicado em 05/10/2021, às 10h49 - Atualizado às 10h49

Zileide Silva participou do 'Papo de Segunda' e relembrou luta contra câncer de mama - GNT
Zileide Silva participou do 'Papo de Segunda' e relembrou luta contra câncer de mama - GNT

Zileide Silva, de 62 anos, relembrou como foi o diagnóstico do câncer de mama. Ao participar do 'Papo de Segunda', do GNT, na última segunda-feira (4), a jornalista contou que viveu momentos de muito medo. 

"Não vou negar, durante todo o processo, dá muito medo, muita raiva, [você se pergunta:] 'por que isso está acontecendo comigo'? Não é um tratamento fácil, a quimioterapia é extremamente complicada, te deixa para baixo, meio insegura", desabafou. 

Em seguida, ela afirmou que ter pessoas importantes a sua volta foi fundamental para a recuperação. "Dá um medo, dá um terror de como enfrentar isso, só que a gente tem uma corrente de amigos, família e médicos", continuou. 

Além disso, a jornalista aproveitou para destacar o papel da ciência e da medicina na luta contra a doença. "É bem isso o que acho muito importante, seguir a orientação dos médicos. Eles sabem o que estão fazendo. O início tem muito medo, raiva, o incômodo do tratamento e aí, bola para frente, vamos superar mais essa, vamos em frente!", declarou Zileide.

A DESCOBERTA
Em julho, Zileide quebrou os protocolos da GloboNews e abriu o coração com os telespectadores do programa ‘Em Pauta’, compartilhando o motivo de sua ausência do noticiário. “Tinha um câncer. Um câncer no seio. Fui operada, fiz quimioterapia e voltei."

Ela contou então que precisou se afastar do trabalho para tratar o tumor, que foi diagnosticado durante a pandemia. "Precisei operar esse câncer, precisei fazer quimioterapia. E aí foi necessário ficar afastada por um período, que é absolutamente normal, quem já passou por essa doença sabe."

Na ocasião, Zileide afirmou que o câncer foi diagnosticado logo no início e destacou: "Por isso é tão necessário fazer o autoexame."