AnaMaria

Alexandre Nero recorda cena de piscina de dinheiro em ‘Império’; descubra como foi gravada

Piscina com água, colchão e 290 notas de papel simulando euros: trabalho do cenógrafo foi pesado neste dia

Da Redação Publicado em 30/10/2021, às 20h18 - Atualizado às 20h19

Ator usou suas redes sociais para eternizar cena na mente dos fãs de vez - Instagram/@alexandrenero
Ator usou suas redes sociais para eternizar cena na mente dos fãs de vez - Instagram/@alexandrenero

Na última sexta-feira, foi ao ar uma das cenas mais icônicas de ‘Império’: Zé Alfredo (Alexandre Nero) mergulhando em uma piscina com milhares de euros que achava que tinha perdido. A quantia enorme foi encontrada em uma mansão que sua esposa, Maria Marta (Lilia Cabral), frequentava em Petrópolis, no Rio de Janeiro.

Alexandre Nero, então, usou suas redes sociais para relembrar esta cena, inclusive reprovando seu “eu do passado” por não ter a publicado na primeira vez em que ela foi exibida.

“'Parece que foi ontem’ [risos]. Fui no meu feed em 2014 e descobri que não havia postado essa cena na época. Jamais poderia imaginar como ela permaneceria resistente na memória das pessoas. Pronto. Sete anos depois, erro reparado", disse ele, em uma postagem da manhã deste sábado (30).

Além da cena ser marcante por si só, o dia deve ter sido de um trabalho muito intenso tanto para o artista, quanto para os demais profissionais envolvidos na produção. Em entrevista, o cenógrafo Sérgio Villela deixou os espectadores a par de como a cena foi gravada. Para se ter ideia, foram usadas 290 mil notas cenográficas, além de 17 mil pacotes com notas em branco para dar volume.

Surpreendentemente, a piscina não foi inteiramente esvaziada. Os produtores optaram em deixar uma quantidade mínima de água, e cobri-la com uma série de praticáveis (espécie de bancos bem baixinhos), de forma a não trincar os azulejos da locação Estes praticáveis eram revestidos com a estampa de notas de euro, caso algum dos pedaços de papel saísse do lugar e revelasse o fundo. Ainda havia um colchão acima deles, para amortecer a queda do ator. Trabalhão, né?

Reveja a cena: