AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

'Éramos Seis': Emília humilha médica negra e Adelaide se envergonha

Em 'Éramos Seis', Emília é racista e médica se defende: ''Eu não desisto''

Da Redação Publicado em 08/01/2020, às 14h04 - Atualizado às 14h05

Suzana Vieira dá vida à Emília - TV Globo
Suzana Vieira dá vida à Emília - TV Globo

Nos próximos capítulos de ‘Éramos Seis’, Adelaide (Joana de Verona) irá passar por cima das ordens de Emília (Suzana Vieira) e chamará uma médica para examinar Justina (Julia Stockler). No entanto, não será apenas isso que incomodará a matriarca.

A madame dará um show de horrores, e perderá a linha com a doutora. Além do medo de de Justina possa revelar um segredo do passado, a tia de Lola (Gloria Pires) também se mostrará preconceituosa. 

"Mas o que é isso? Resolveram fazer as honras da minha casa sem o meu consentimento? Eu não quero esta mulher aqui! Quem é ela?", questionará a personagem de Susana Vieira.

Questionada com o motivo de agir dessa forma, a megera dirá: "O motivo é evidente, Adelaide, acha que a vida é fácil, e eu estou acostumada a lidar com os melhores médicos deste país. E são todos homens e brancos", disparará, deixando Adelaide visivelmente constrangida. 

Emília continuará as humilhações, e a herdeira se desculpará com a profissional: "Doutora, me perdoa, foi uma tentativa desastrada, devia ter preparado o terreno, mas não quero desistir. Não desista de nós”. 

"Estou acostumada a reações destemperadas, por ser mulher, por abraçar a psicanálise e por ser negra. Mas quero que saiba que não desisto, nunca desisti de nada", dirá a médica de forma plena. 

A cena está prevista para ser exibida no capítulo de 16 de janeiro. 

{# Taboola Newsroom #}