AnaMaria

Fábio Assunção relembra personagem em ‘Totalmente Demais’: ''Muito prazeroso''

A novela voltará à tela da Globo na próxima segunda-feira (30)

Da Redação Publicado em 27/03/2020, às 16h50 - Atualizado às 17h06

Fábio Assunção é Arthur em 'Totalmente Demais' - Globo/ Renato Rocha Miranda
Fábio Assunção é Arthur em 'Totalmente Demais' - Globo/ Renato Rocha Miranda

A novela ‘Totalmente Demais’ voltará à Globo na próxima segunda-feira (30), quando ‘Salve-se Quem Puder’ entrar em período de pausa. Fábio Assunção, um dos protagonistas da trama, relembra seu personagem com muito carinho.

Na trama, ele viveu Arthur, um ex-modelo que descobre o talento de Eliza (Marina Ruy Barbosa) quando encontra a menina vendendo flores nas ruas de São Paulo. Ele acaba criando um laço com a ruiva e desafia Carolina (Juliana Paes) que fará a jovem vencer o concurso ‘Garota Totalmente Demais’.

“Tudo foi muito prazeroso. Bastidores, gravações e resultado. Amo essa novela! ‘Totalmente Demais’ me colocou em contato com um público jovem, cheio de paixão, que acompanhou a trama com fidelidade e presença. A troca que tivemos com o público foi gigante! Houve muita torcida e muita vibração. Foi uma novela muito feliz”, conta.

Apesar da questão da quarentena, o ator garantiu que o público terá a oportunidade ver uma novela feita “com muita alegria”.

“A gente teve dois meses de preparação para começar a gravar e isso deu para a equipe uma relação de amizade muito forte, então foi uma novela muito feliz de se fazer. Eu lembro também de muitos fã-clubes da novela que ficavam shippando as personagens, torcendo pelos casais. Havia muita torcida, muita expectativa em quem ia ficar com quem”, diverte-se.

Para Assunção, outro ponto positivo da novela é a história: “Uma comédia romântica, por um lado leve, mas por outro, bastante próximo da vida real, não por ser leve, mas porque a vida não deixa de ser uma grande fábula, apesar de a realidade, às vezes, ser dura e cruel, com muitos desafios.  

“Esse tipo de gênero mostra para a gente um outro lado da vida, que é sempre muito prazeroso. Foi uma novela que falava diretamente com as pessoas, sem a pretensão de ser cult ou complexa”, conclui.