AnaMaria

Mônica Martelli desabafa sobre papel na novela ‘Por Amor’: ''Só falava a mesma coisa''

Atriz contou que o auge de sua carreira foi a peça ‘Os Homens São de Marte’

Da Redação Publicado em 27/08/2020, às 12h41 - Atualizado às 12h42

Mônica Martelli como a secretária de Arnaldo em 'Por Amor' - Globo
Mônica Martelli como a secretária de Arnaldo em 'Por Amor' - Globo

Atriz e escritora de sucesso, Mônica Martelli revelou que nem sempre sua carreira foi boa. Em um bate-papo com as apresentadoras do programa ‘Saia Justa’, na GNT, na última quarta-feira (26), ela disse que em uma das maiores oportunidades da vida, quando atuou em ‘Por Amor’, foi o suficiente para deixá-la angustiada.

Na ocasião, Martelli comentava sobre o auge da carreira, e citou que seu grande triunfo foi escrever a peça ‘Os Homens São de Marte’, que ficou em cartaz de 2005 a 2016, além de render dois filmes com o comediante Paulo Gustavo.

"A minha grande virada foi Os Homens São de Marte... e É pra Lá que Eu Vou, obviamente. Antes eu só fazia bicho, eu não sei o que aconteceu. Eu fazia tartaruga, galinha, só fazia bicho no teatro. E quando a gente faz bicho no teatro a gente sai filipetando [vestida] de bicho pela rua e pelo shopping, isso que é triste", lembrou ela, brincalhona.

Em seguida, ela falou sobre a novela, onde interpretou uma secretária: “O único momento que me deram uma chance de fazer uma novela, eu passei oito meses falando uma única frase: 'Doutor Arnaldo [Carlos Eduardo Dolabella], dona Branca [Susana Vieira] na linha'. Também não rolou nada pra mim", desabafou.

"Eu passei oito meses falando a mesma fala. Então a minha virada, realmente, eu estava muito triste e resolvi escrever Os Homens São de Marte. Foi a grande virada da minha vida, mesmo", completou ela.