AnaMaria

Murilo Benício elogia parceria com Giovanna Antonelli em 'O Clone': ''Nossa química funcionou''

Durante a novela, divisora de águas na carreira do ator, a dupla engatou um namoro

Da Redação Publicado em 04/10/2021, às 15h24 - Atualizado às 15h26

Giovanna Antonelli e Murilo Benício em cena de 'O Clone' - TV Globo
Giovanna Antonelli e Murilo Benício em cena de 'O Clone' - TV Globo

Murilo Benício, no ar na reprise de ‘Ti Ti Ti’ (TV Globo), aparecerá em dose dupla esta semana na emissora. Isso porque a partir desta segunda-feira (4), o público irá acompanhar a volta de ‘O Clone’ no Vale a Pena Ver de Novo.

A trama de amor de Lucas (Murilo Benício) e Jade (Giovanna Antonelli), transmitida originalmente em 2001, ultrapassou as telinhas para o mundo real. Na época, a sintonia entre o par romântico principal foi tanta que Benício e Antonelli iniciaram um relacionamento. Mais tarde, a união resultou no nascimento de Pietro.

“A história era muito centrada no amor deles e quando o Léo entrou virou quase um triângulo amoroso. Nossa química funcionou e isso foi muito importante para a novela”, conta ele ao Globo Imprensa.

Em ‘O Clone’, Murilo estava no início da carreira, e explica que até hoje tem dificuldades de se assistir na televisão. 

“Eu sou muito autocrítico com trabalho novo, não antigo. Parece que é ver outra pessoa quando eu assisto a um trabalho muito antigo meu. Então, dói menos. Mas eu não sou daqueles que curtem ver, não. Eu acho incrível as pessoas que acabam uma cena e correm para o monitor para ver como foi, para entender como podem melhorar. Eu fico meio sem graça com essa minha luta contra me ver, mas tenho certeza de que existem outros atores iguais a mim”, ressalta.

Sucesso de exportação, a novela de Glória Perez também é bem reconhecida em países como Rússia, Portugal, e até em alguns locais da África. Quando viaja, o ator diz que recebe muitos elogios pela atuação.

“Eu sou muito querido em Portugal. Nunca fui para a Rússia, onde a novela foi um fenômeno, mas já encontrei russos que parecem que são mais fãs do que os próprios portugueses. Na África também senti a repercussão quando eu fui com os meus filhos fazer um safari. Tem muita língua portuguesa na África, então eles assistem muito nossas novelas. O público é sempre muito caloroso e isso é tão legal. É impressionante o quanto as pessoas de todo lugar do mundo nos veem, o alcance que temos. Isso sempre volta num tom de muito amor e carinho das pessoas. Principalmente em Portugal, para onde eu vou mais, eu sinto isso”, conclui.