AnaMaria
Busca
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaYoutube AnaMariaTiktok AnaMariaSpotify AnaMaria
Programação da TV / Violência

Repórter do 'Encontro' sofre tentativa de assalto durante programa; veja vídeo

Ju Massaoka conversava, ao vivo, diretamente da Avenida Paulista quando sofreu tentativa de assalto

Vivian Ortiz

por Vivian Ortiz

vortiz_colab@caras.com.br

Publicado em 08/12/2023, às 10h30 - Atualizado às 11h28

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Ju Massaoka sofreu tentativa de assalto enquanto conversava ao vivo com Patrícia Poeta. - TV Globo
Ju Massaoka sofreu tentativa de assalto enquanto conversava ao vivo com Patrícia Poeta. - TV Globo

A repórter Juliane Massaoka sofreu uma tentativa de assalto ao vivo, enquanto participava do programa 'Encontro', na manhã desta sexta-feira (8). Na ocasião, ela estava na Avenida Paulista, com o celular na mão e, enquanto conversava com Patrícia Poeta, um ciclista tentou tomar o celular da mão da repórter.

“Gente, quase fui assaltada, Patrícia do céu. Tô com o celular na mão. O cara com a bicicleta ali, e tem policia aqui na Avenida [Paulista]”, ressaltou a jornalista, logo após o ocorrido.

Patrícia, do estúdio, respondeu que já teve celular levado dessa forma: "Na bicicleta, você acha que [o ciclista] está fazendo esporte, [mas] não, o esporte é roubar o celular de quem está ali na frente. Ficamos torcendo para não ser a próxima vítima, nem trabalhando perdoam."

Vale ressaltar que o 'Encontro' desta sexta-feira começou justamente falando sobre a violência nas grandes cidades. No entanto, Massaoka falava sobre o aniversário da Avenida Paulista, que completa 132 anos hoje.

Mais tarde, ela usou suas redes sociais para refletir sobre a tentativa de assalto sofrida "A arte salva! E uma boa equipe mais ainda! Hoje sofri uma tentativa de assalto durante um link ao vivo para o Encontro com @patriciapoeta. Em plena luz do dia, com câmeras de segurança, câmera da TV Globo e viaturas da polícia militar a menos de uma quadra de distância. Difícil descrever o sentimento, talvez um misto de impotência com tristeza e medo", iniciou.

Depois, ela ressaltou o importante papel do segurança da equipe. "Graças a Deus esse assaltante não estava armado e o segurança @rodriguescelso1986 foi ágil, segurou o cara e só soltou quando viu que eu estava inteira e com o celular na mão."

Para finalizar, a repórter relatou como ela e a equipe estavam. "Mas infelizmente tem dias em que a violência se impõe e a gente fala dela, denuncia, na esperança de ver mudanças. Para quem se preocupou: eu e equipe estamos bem, com todos os nossos pertences e já voltamos à TV Globo em total segurança. Prontos para voltar ao batente e fazer o que a gente ama. Espero cada vez mais realizar esse trabalho contando boas histórias, mas sempre que for necessário, assuntos pesados serão denunciados também. Boa sexta-feira a todos".

NÃO É A PRIMEIRA

Infelizmente, Juliane Massaoka não foi a primeira repórter assaltada ao vivo em São Paulo (SP).  A repórter Beatriz Backes foi roubada durante uma entrada ao vivo no 'Bom Dia São Paulo', programa local da TV Globo na capital metropolitana. A jornalista fazia uma transmissão pelo celular ao vivo, quando foi surpreendida com um furto no meio da reportagem.

Backes estava em frente a Luz, estação de metrô paulistana, para tratar da lentidão da linha 1-Azul do Metrô. Enquanto falava sobre a situação do transporte coletivo, a fala da jornalista foi interrompida abruptamente com um corte de cena. Os apresentadores Rodrigo Bocardi e Sabina Simonato suspeitaram que seu celular poderia ter caído do chão, mas o assalto de fato aconteceu.

"O que é isso? Caiu o telefone?", se assustou Bocardi. Sabina opinou: "Acho que caiu o telefone da Bia". Ao fim, ele desejou: "Imaginamos que seja só isso". Não foram dados mais detalhe sobre o caso durante o jornal.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!