AnaMaria

Resumo da novela 'Gênesis': José é humilhado e vendido como escravo pelos irmãos 

Simeão e Judá fecharão o acordo com o comprador por 20 moedas

Da Redação Publicado em 01/09/2021, às 12h17 - Atualizado às 12h22

José é escorraçado, em 'Gênesis' - Record TV
José é escorraçado, em 'Gênesis' - Record TV

A novela 'Gênesis', da Record TV, acaba de entrar em uma de suas fases mais bonitas e emocionantes: a de José (Juliano Laham). A história do primogênito de Raquel (Thaís Melchior) promete balançar o coração dos telespectadores nos próximos capítulos, isso porque, após ser humilhado e maltratado pelos irmãos mais velhos, o rapaz será vendido como escravo. 

Não é segredo para ninguém que Jacó/Israel (Petrônio Gontijo) sempre tratou José com privilégios, o que fez com que os outros filhos alimentassem um ódio pelo caçula ao longo dos anos. Somado à traição de Rúben (Felipe Cunha), o mocinho se mostrou um líder temente a Deus e competente o suficiente para asssumir o posto do pai no futuro.  

Exatamente por esse motivo, o veterano entregou uma túnica colorida para o filho, declarando-o como seu sucessor: o patriarca do povo de Israel. Inconformados com a preferência, os outros rapazes, portanto, darão um jeito de se livrar de José. Por isso, Simeão (Igor Cotrim) e Judá (Thiago Rodrigues) venderão o jovem por um preço baixíssimo, dando um fim, de vez, no xodó de Israel.

Tudo começará quando eles lançarem o rapaz em uma cisterna. José ficará preso no buraco enquanto os dois irmãos negociam o preço da transação com Issad. A fim de averiguar o "produto", o comprador irá até o buraco e ficará impressionado ao ver a imagem do mocinho machucado. 

"Forte ele é. Mas é bom no trabalho?", questionará. Simeão, então afirmará que o José possui um ótimo desempenho no trabalho, mas que foi expulso do acampamento por seus inúmeros romances com as servas: "Meu pai se enfadou". 

Issad, no entanto, ficará com o pé atrás e questionará se eles possuem a autorização do pai para a realização da venda, sem saber que o mesmo é Israel. Judá mentirá, afirmando que o irmão é o primogênito da família e, por esse motivo, está apto a tomar tal decisão. Sem hesitar, o comprador ofecerá 15 siclos de prata pelo escravo, mas o acordo será fechado por 20 moedas. 

As cenas estão previstas para irem ao ar no capítulo desta quarta-feira (1°).