AnaMaria

Resumo da novela 'Nos Tempos do imperador': Samuel é preso após salvar a vida de Tonico

Tonico descobrirá que Samuel é o acusado de ter assassinado seu pai

Da Redação Publicado em 29/11/2021, às 12h34 - Atualizado às 13h29

Tonico e Samuel, em 'Nos Tempos do Imperador' - TV Globo
Tonico e Samuel, em 'Nos Tempos do Imperador' - TV Globo

Em 'Nos Tempos do Imperador', Tonico (Alexandre Nero) finalmente descobrirá que Samuel (Michel Gomes) é ninguém menos que seu meio-irmão e o acusado de ter matado o Coronel Ambrósio (Roberto Bonfim), na Bahia. Furioso, o deputado denunciará o rapaz e fará com que ele seja preso no altar.

Tudo isso acontecerá durante uma conversa entre os dois, em que o crápulo notará uma marca de nascença familiar na mão do rival. "Vigie só, Tonico! Meu pai tinha uma marca igualzinha a essa, meu avô também! E se um dia eu lhe der um irmãozinho, ele também vai ter essa marca!", dirá o pai de Tonico em meio a um flashback.

Ele logo se dará conta que o ex-cativo é, na verdade, Jorge, seu meio-irmão perdido. Ardiloso, o deputado conseguirá uma ordem de prisão contra Samuel e planejará acabar com a reputação do rival no dia de seu casamento.

O rapaz estará prester a dizer o tão sonhado 'sim' com Pilar (Gabriela Medvedovski) quando o crápula interromper a cerimônia: "Pare tudo! Esse casamento é uma fraude! Não existe Samuel dos Anjos! Esse negro aí no altar se chama Jorge".

"E além de farsante é um assassino! O assassino de meu pai", declarará Tonico, que estará acompanhado dos policiais de Borges (Danilo Dal Farra). A acusação, é claro, deixará todos os convidados boquiabertos e fará com que Samuel seja levado preso no mesmo instante. 

As cenas estão previstas para irem ao ar nos próximos capítulos da trama das seis, escrita por Alessandro Marson e Thereza Falcão