AnaMaria

Resumo da novela ‘Pantanal’: Maria Marruá vira onça para salvar Juma da morte

Maria Marruá entrará em desespero ao ver uma sucuri se aproximando da filha

Da Redação Publicado em 05/04/2022, às 11h13

Cenas estão previstas para o capítulo desta terça-feira em ‘Pantanal’ - TV Globo
Cenas estão previstas para o capítulo desta terça-feira em ‘Pantanal’ - TV Globo

Maria Marruá (Juliana Paes) prometeu que entregaria seu bebê a Deus após engravidar em ‘Pantanal’. Entretanto, não será isso que acontecerá no capítulo desta terça-feira (5) da novela. Pelo contrário, a esposa de Gil (Enrique Diaz) fará de tudo para proteger a pequena Juma Marruá - até mesmo se transformar em uma onça!

Prestes a dar à luz, Maria pegará uma canoa e estará decidida a pôr fim em seu sofrimento. “Nasce... Nasce! Que eu não vou te carregar comigo para o resto da vida... Você é filho de Deus, e é pra ele que eu vou lhe entregar! Nasce... Nasce, fardo que eu não pedi! Nasce!", exigirá ela.

A retirante continuará: "Quero sofrer tudo agora, pra não ter nunca mais que chorar nessa vida ‘mardita’! Filho é só dor e sofrimento... E eu não quero mais sofrê... Eu não aguento mais tanto sofrer! Num aguento!”.

Gil dará conta do sumiço da esposa e partirá em sua procura. Enquanto isso, Maria Marruá já estará parindo o bebê - que descobre ser uma menina, como tanto havia sonhado no passado.

"É menina, minha Nossa Senhora... É menina... Antes que eu queria tanto ter uma... E você só me chega agora... Eu ia lhe chamar de Juma... mas... Se Deus botou no meu caminho, Ele que carregue!", dirá Marruá decidida em se livrar da recém-nascida.

Dessa forma, ela enrolará a bebê em trapos e a deitará no fundo da canoa sem mesmo um beijo de despedida. O que Maria não imaginava é que uma sucuri se aproximaria no momento em que o barquinho começa a ser levado pela correnteza.

A mulher ficará desesperada ao perceber que a menininha corre perigo e partirá em direção à cobra. De longe, Gil ouvirá os gritos da esposa e tentará atirar na cobra - porém será impedido por Maria dizendo que ele poderá acertar a própria filha.

"Ela tá com a nossa filha... Ela tá com a minha filha... Ela tá... Com a minha Juma!", lamentará a retirante em demonstração do afeto que desenvolveu pela criança logo após o nascimento.

Maria Marruá conseguirá alcançar a canoa, entrará dentro e enfrentará a sucuri. A cobra dará um bote na mulher, que se transformará em uma onça para defender a cria. Diante do olhar incrédulo de Gil, ela lutará para se desvencilhar do animal até que conseguirá apanhar Juma e nadar até a beira do rio, voltando à forma humana.