AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Silvero Pereira rejeita as chacotas de Zaqueu, personagem gay de 'Pantanal'

Para o ator, é fundamental encaixar o papel no atual contexto da sociedade brasileira

Ana Mota, repórter da AnaMaria Digital Publicado em 23/03/2022, às 12h44

Silvero Pereira será Zaqueu em 'Pantanal' - Globo/João Miguel Júnior
Silvero Pereira será Zaqueu em 'Pantanal' - Globo/João Miguel Júnior

Silvero Pereira é um dos atores que integra o elenco da nova versão da novela 'Pantanal'. Na trama adaptada por Bruno Luperi, o ator será  Zaqueu, um mordomo gay. No folhetim original, o personagem era um peão homossexual que foi interpretado por João Alberto Pinheiro (1961-1992). 

Agora, depois de 32 anos, o ator afirma que deu uma nova cara para o personagem, para que ele se encaixe no atual contexto da sociedade brasileira. "O que tem de bacana nessa nova versão é essa atualização. Não dá mais pra tratar a dramaturgia a partir da sociedade, das informações, da reeducação que a gente tem hoje", disse durante coletiva de imprensa da novela, nesta quarta-feira (23). 

Para ele, essa mudança é o maior desafio na interpretação. Ou seja, manter uma fala da versão original, mas mudar a forma e o modo como o público deve sentir seu personagem. 

"O mais mágico pra mim, enquanto artista, é quando a gente consegue fazer a televisão chegar com entretenimento, mas ao mesmo tempo ter o didático, a informação e a educação ali junto. Para mim, isso é um prêmio. Acho isso muito necessário porque a novela vai para o cotidiano e as pessoas vão falando e acaba virando, de fato, uma educação para além das escolas. Temos esse papel importante", disse. 

COMO SERÁ?

Na história, Zaquieu se apaixona por outro peão, o Alcides, que será interpretado por Juliano Cazarré. Durante a entrevista, o ator aproveitou para brincar: "É difícil não se apaixonar pelo Cazarré, né?", disse, aos risos. Os dois trabalharam juntos há 10 anos na minissérie 'Serra Pelada'. 

Por causa da homossexualidade, Silvero espera que o personagem não seja visto como piada, como era em 1990. "Acho que o importante é não tratar dessa forma. Era chacota, motivo de graça naquela época. O importante é entender que não dá pra tratar como felicidade, como alívio cômico. Isso seria um desserviço na sociedade em que a gente vive hoje. Talvez esse seja o ponto forte, o que me deixa mais tranquilo enquanto ator dentro dessa nova produção e me deixa honrado", destacou. 

No entanto, ele garantiu que o personagem não perderá a graça, mas sim ganhará toques mais sentimentais. "É óbvio que o Zaqueu da primeira versão fez bastante sucesso, principalmente por causa desse lugar do cômico e a gente não vai perder isso, isso é uma coisa que a novela trouxe que é muito interessante para o personagem e que eu também tô curtindo bastante [...] Mas esse outro tom faz com que o personagem fique muito mais carinhoso, mais afetivo. O Zaqueu dessa nova versão é muito carinho, afetuoso e emocional", revelou. 

'Pantanal' estreia no próximo dia 28 e irá susbstituir 'Um Lugar ao Sol'. A trama é uma adaptação do texto original de Benedito Ruy Barbosa e tem direção artística de Rogério Gomes

{# Taboola Newsroom #}