AnaMaria

Britney Spears deseja que seu pai deixe de ser seu tutor integral

A famosa quer que Jodi Montgomery tome o lugar de Jamie Spears na função

Da Redação Publicado em 18/08/2020, às 17h06 - Atualizado às 17h06

Britney Spears deseja que seu pai deixe de ser seu tutor integral - Reprodução/Instagram
Britney Spears deseja que seu pai deixe de ser seu tutor integral - Reprodução/Instagram

Britney Spears está em uma batalha judicial para que seu pai, Jamie Spears, não continue sendo o seu único responsável legal.

Acontece que de acordo com informações divulgadas pelos advogados da estrela do pop, Britney deseja que o cargo seja passado integralmente para Jodi Montgomery, que recebeu a aprovação para se tornar a tutora temporária da loira em 2019. 

Segundo a equipe da cantora, ela afirmou que "prefere fortemente" manter Montgomery no cargo, que controla suas finanças e a maior parte das decisões que se relacionam à ela. 

A decisão da artista está pautada no seu desejo de que a administração das suas finanças ocorra de maneira mais profissional e, provavelmente, com o auxílio de um banco. 

O problema é que Jamie estaria supostamente pedindo para ser mantido como co-conservador das finanças de Britney

Ainda seguindo o que foi divulgado, a vocalista destacou que pretende ter mais autonomia no seu trabalho e não deseja realizar performances em regime de 'residência', nos quais os artistas se tornam atrações fixas de determinados locais. 

TUTELA DE BRITNEY 

Jamie Spears é empresário e tutor da cantora desde meados de 2008. A medida legal foi tomada depois que, em 2007, Britney foi flagrada durante um episódio de colapso nervoso, no qual foi clicada por paparazzi raspando a cabeça. 

Na época, Jamie não era o único responsável pela famosa, o homem dividia a função com Andrew Wallet. Entretanto, o advogado pediu para ser retirado da função em 2019. 

Após a saída de Andrew e Jamie enfrentar sérios problemas de saúde, Jodi foi contratada para ajudar o pai da artista na conservadoria da estrela.