AnaMaria
TV / Trabalhista

Glória Vanique entra na Justiça contra a TV Globo atrás de equiparação salarial

Atualmente trabalhando na CNN, Glória Vanique quer receber o mesmo que Rodrigo Bocardi e César Tralli

Da Redação Publicado em 11/04/2022, às 10h11

Glória Vanique atualmente é contratada da CNN Brasil. - Instagram/@gloriavanique
Glória Vanique atualmente é contratada da CNN Brasil. - Instagram/@gloriavanique

Glória Vanique processou a TV Globo na Justiça do Trabalho. De acordo com informações do "Notícias da TV", a jornalista pede uma reparação e equiparação salarial em relação a colegas que também apresentavam telejornais, como César Tralli e Rodrigo Bocardi

Hoje na CNN, ela foi coapresentadora do "Bom Dia São Paulo" e comandava o programa -- e também o "SP1" e o "SP2" -- nas folgas dos titulares. De acordo com o processo, Glória argumenta argumenta que exercia a função de apresentadora, mas não recebia um salário de acordo com o cargo. Protocolada no ano passado, a ação ainda não tem data para ser julgada.

NOVOS ARES

Após 13 anos de TV Globo, Gloria Vanique aceitou o convite para trabalhar na CNN Brasil, a fim de melhorar sua qualidade de vida. Em entrevista ao site Notícias da TV, a jornalista contou que o fator determinante para sair da emissora foi não precisar mais acordar na madrugada para trabalhar.

"Acordar às três horas da manhã, vamos combinar que não é natural. A gente acaba se adaptando, mas não se acostuma. Eu tinha sono e falta de disposição o dia todo. Quando chegava o final de semana eu queria dormir. Eu fazia as coisas? Fazia. Mas se eu tivesse a opção de dormir, sempre era minha opção", disse.

Em 22 de outubro, Gloria surpreendeu a todos ao dar adeus ao telejornal ‘Bom Dia SP’ (TV Globo). De acordo com ela, a mudança já trouxe resultados positivos para sua vida.

“Com toda essa mudança muito rápida, eu já me sinto melhor. O fato de eu dormir oito horas seguidas numa noite, sem ter interrupção do sono, porque antes eu dormia em etapas, dormia uma parte à noite e uma parte durante a tarde. E agora o fato de eu dormir oito horas seguidas já faz uma grande diferença na minha rotina e na minha vida", completou.

Em outro momento da entrevista ao veículo, Gloria pontuou que a negociação citou a questão do horário, mas também propôs que ela saísse da zona de conforto.

“Teve uma negociação super-rápida, super breve, que incluiu a questão do meu horário, da minha saída da madrugada, que foram dez anos ali [na Globo] acordando às 3h da manhã. [...] A CNN me propôs sair da zona de conforto. Estava muito tempo ali naquele mesmo trabalho. E essa expansão da CNN, que está trazendo com novas tecnologias com o streaming, e também a oportunidade de falar de outros assuntos, o que pra mim é um grande desafio, e eu queria muito isso”, explicou.