AnaMaria
Busca
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaYoutube AnaMariaTiktok AnaMariaSpotify AnaMaria

10 mitos e verdades sobre lubrificante íntimo

Todo mundo pode usar? Ele pode devolver o prazer? Esclareça todas as suas dúvidas

Júlia Arbex Publicado em 05/09/2016, às 10h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h44

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
10 mitos e verdades sobre lubrificante íntimo - Shutterstock
10 mitos e verdades sobre lubrificante íntimo - Shutterstock
1 Todas as mulheres devem usar lubrificante.
MITO. “O lubrificante é ideal para as mulheres que sofrem com a vagina seca. Porém, se você fica naturalmente lubrificada e quiser usar, não tem problema”, explica Paola. A ginecologista também acredita que quem for virgem não precisa do produto para ter a primeira relação. “Com o estímulo, ambiente e a pessoa certa, a vagina produz a lubrificação necessária”.

2 Só serve para sexo.
MITO. De acordo com Patricia, as mulheres que não têm lubrificação natural e se sentem desconfortáveis com isso podem usar o produto diariamente.

3 Atrapalha a excitação da mulher.
MITO. Geralmente, a mulher demora mais tempo que o homem para se excitar e o produto só a ajuda a “chegar lá”.

4 Ajuda as mulheres que estão na menopausa.
VERDADE. A mulher que está na menopausa tem a vagina mais seca, porque não está produzindo os hormônios como costumava.
O lubrificante vai facilitar e deixar o sexo mais gostoso. 

5 Fumar atrapalha a lubrificação natural.
VERDADE. Cigarro reduz a produção e a qualidade das secreções. Como o lubrificante só age momentaneamente, é comum que
os ginecologistas indiquem cremes de estrogênio para aumentar a lubrificação natural da paciente.

6 É importante usá-lo para o sexo anal.
VERDADE. Não é recomendado fazer sem lubrificante, porque a área não fica umedecida naturalmente e a camisinha não é suficiente. Use apenas produtos à base de água, já que a região é sensível.

7 Pode ser usado com absorvente interno.
VERDADE. As mulheres que têm dificuldade em colocar o absorvente interno podem aplicar um pouquinho de lubrificante antes de introduzi-lo.

8 As jovens não têm problema de falta de lubrificação.
MITO. Se faltar estímulo, qualquer uma tem problemas assim.

9 Pode dar alergia.
VERDADE. Como a região vaginal é delicada, é importante comprar produtos específicos. Precisa ser testado ginecologicamente,
hipoalergênico, sem álcool e sem bactericidas. Irritou? Ginecologista!

10 Lubrificante anestésico dá mais prazer.
MITO. O uso desse produto não é recomendado pelos médicos.



FONTE: PATRICIA VARELLA, GINECOLOGISTA, OBSTETRA E CONSULTORA DA VAGISIL E PAOLA FASANO, GINECOLOGISTA E OBSTETRA DO HOSPITAL SÃO LUIZ SP

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!