AnaMaria

'A Dona do Pedaço': Lyris faz barraco e revela a todos que Agno é gay

Lyris faz barraco no escritório de Agno: ''Meu marido é gay''

Da Redação Publicado em 26/06/2019, às 17h15 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h47

Lyris (Deborah Evelyn) confrontará Agno (Malvino Salvador) ao descobrir que o marido é gay. - Reprodução/ TV Globo
Lyris (Deborah Evelyn) confrontará Agno (Malvino Salvador) ao descobrir que o marido é gay. - Reprodução/ TV Globo

Nos próximos capítulos de 'A Dona do Pedaço', Lyris (Deborah Evelyn) fará o maior escândalo no escritório do marido, Agno (Malvino Salvador), depois de descobrir que ele se relaciona com garotos de programa.

O empresário, que quer entrar com um pedido de divórcio contra a mulher, acaba flagrando um momento íntimo entre ela e um entregador de bolos. Ele então a chantageia para pagar somente uma pensão no valor de um salário mínimo.

Indignada, Lyris contrata um investigador para seguir o marido. O contratado flagra Agno se encontrando com garotos de programa, mas as fotos não podem ser usadas perante o juíz, já que são de baixa qualidade.

AMEAÇA
Mesmo assim, a dondoca vai até o escritório do marido para confrontá-lo. "Eu já sei de tudo, Agno. Já descobri que costuma sair com rapazes. É por isso que apesar de todas as minhas tentativas, não me queria", concluirá ela.

Agno explica para a mulher que tentou se encaixar no padrão heterossexual, mas que não conseguiu manter o casamento com ela, já que precisava ser quem é. Lyris não aceita e continua com o discurso.

"Você pega rapazes na rua. Vai falar o que de mim? Eu quero o apartamento, metade do dinheiro da empresa e uma mesada de acordo com o padrão de vida que estou acostumada. Ou conto para todo mundo que você é gay", ameaça Lyris.

BARRACO
O sócio de Otávio (José de Abreu) ri da situação, e a loira arma o maior barraco no escritório. "Meu marido é gay, meu marido é gay! O Agno é gay. Gay!", gritará ela. "Otávio, seu sócio é gay!", continuará ela quando o homem entrar no local.

A chantagem não dá certo, e Agno rebate o discurso da esposa. "Volte para casa. Enquanto tem casa. Agora que fez esse escândalo, não arredo pé. É um salário mínimo e mais nada", garante ele.