AnaMaria

'A Fazenda 12': Biel afirma que JP foi considerado desleal pelo público

Cantor acredita que a sua torcida não ajudou na votação da roça

Da Redação Publicado em 25/09/2020, às 15h53 - Atualizado às 15h53

'A Fazenda 12': Biel afirma que JP foi considerado desleal pelo público - Reprodução/RecordTV
'A Fazenda 12': Biel afirma que JP foi considerado desleal pelo público - Reprodução/RecordTV

A segunda eliminação da nova temporada do reality show rural 'A Fazenda', que aconteceu na última quinta-feira (25), deixou alguns participantes do programa com a pulga atrás da orelha. 

Acontece que após se envolver em alguns episódio polêmicos, Luiza Ambiel era quem alguns peões imaginavam que fosse voltar para a casa após a votação popular. 

Entretanto, Biel, Cartolouco e Lucas Maciel, que votaram para a 'Musa da Banheira do Gugu' ir para a roça, tentaram entender o motivo por trás da eliminação de JP Gadêlha

Ao longo da conversa, o cantor supôs que JP teria sido visto como desleal e sendo assim, o seu público não teria ajudado na votação contraLidi e Luiza Ambiel

“Por isso ela (Lidi Lisboa) voltou primeiro, porque as vezes todo o nosso público votou nela”, declarou. 

Logo em seguida, Biel reafirmou a sua teoria, explicando que o ex-participante do 'The Circle' havia se envolvido em algumas discussões com os membros dos 'Guris da Baía'. 

“Mas o que tem dado certo é a coerência, a lealdade tem sido bonita lá fora,JP foi desleal, o que aconteceu com ele? Eu tenho certeza que o nosso público não ajudou”, disse. 

ESTRATÉGIA DE BIEL 


Na manhã desta sexta-feira (25), Lipe Ribeiro e Mateus Carierri conversaram sobre o jogo do cantor Biel. Com a mesma opinião, ambos se mostraram contra as atitudes dele na casa. 

"Repara: quando começa ali a conversar só os homens, eu tento sair", disse Lipe

"E fica também botando um jogo bélico assim, eu fiquei com muita vontade de falar, mas eu achei melhor ficar quieto, porque não quero entrar em mais um (problema). E o Biel falando: 'Ah, temos que nos proteger, isso é guerra. É lealdade, os irmãos vão se fechar'", pontuou Mateus


Lipe concordou com o amigo: "É muito agressivo, esquece", disse.

"Eles já tentaram uma vez vir falar (sobre combinação de votos)... Quando o voto coincidir, aí beleza", continuou. 

"Não precisa ser assim, e isso não garante nada", disparou Mateus.


"Pode garantir mais uma semana, mas não vai garantir nada (no jogo)", concluiu Lipe.