A Fazenda, BBB, MasterChef: por que a gente ama tanto um reality show?

Márcia Piovesan lembra que esse sucesso todo começou com Casa dos Artistas

quarta 14 novembro, 2018
Quem não ama ver os artistas na Dança dos Famosos?
Quem não ama ver os artistas na Dança dos Famosos? Foto:Reprodução/Alinne Tuffengdjian/Globo

Na semana passada, quem acompanha A Fazenda viu um show de horrores (mais um!), que culminou na expulsão de Nadja Pessoa por agressão a Caique Aguiar.

Fiquei passada com a sessão de tortura psicológica que terminou num chute, na eliminação e em uma boa parte do Brasil paralisada diante do vídeo.

Notícias Relacionadas

Eu, indignada por detestar qualquer tipo de violência, tentei entender, mais uma vez, como esse fuzuê todo pôde prender a atenção do telespectador. E a resposta é sempre a mesma: o interesse por barracos alheios! kkk

HISTÓRIA ANTIGA

Esse fascínio vem desde o precurso Casa dos Artistas, exibido no final de 2001 pelo SBT. Aliás, jogada de mestre a de Silvio Santos: o rei da comunicação foi lá e abriu o mercado para o gênero que virou febre. Em janeiro de 2002, a Globo estrearia o BBB.

Bom, partindo para os realities de culinária, temos o MasterChef como o primeiro a nos fisgar não só pelos pratos de dar água na boca, mas também para ver os competidores quaaaaase colocando quilos de sal e pimenta no prato do adversário para desbancá-lo. 

Vai dizer que não (kkk)? Sem falar da torcida para ver os chefs esculhambando as “delícias” propostas. Mas, gent e, é importante lembrar que, em se tratando de reality, nem tudo é discórdia e torcida para azedar o caldo.

A exemplo de milhares de pessoas, tenho loucura pelos casos de superação! Dancing Brasil, Dança dos Famosos (do Domingão do Faustão)... Acho incrível quando um famoso sai da zona de conforto e encara o desafio de mergulhar num universo complexo como o da dança. 

O mesmo acontece com o Show dos Famosos, também de Fausto Silva. Ainda na área musical, impossível não se emocionar com o The Voice (o Kids então...), Popstar, Canta Comigo... E, por falar em emoção, que tal o Fábrica de Casamentos? Amooo!

DANDO UMA ESPIADINHA

É impressionante como esse tipo de programa desperta sentimentos tão distintos – e humanos, né? Espiar a vida dos outros, saborear uma treta (aff... kkk), torcer para um mau-caráter quebrar a cara (quem nunca, na vida real?), se inspirar em celebridades que vencem seus medos... aaah, isso tudo “faz parte”, como diria Kleber Bambam, o campeão do BBB1! É isso! Beijos!!!

MÁRCIA PIOVESAN é jornalista multimídia, especialista e crítica de TV e celebridades. Também é radialista, influenciadora digital, participa de atrações como o A Tarde É Sua (RedeTV!) e dirige o portal de notícias que leva seu nome.


 

Da Redação
Leia Mais:

Assine a Revista Digital

Bate Bola na Cozinha

BEM-ESTAR

  1. 1 Ministério da Saúde abre hoje segunda fase da vacinação contra gripe
  2. 2 Mensagem da Karlinha: Faça novas escolhas sempre!
  3. 3 Veja 5 exercícios que auxiliam as mães na rotina com os filhos
  4. 4 Cuidados ao fazer as unhas fora de casa: veja como evitar contaminação
  5. 5 Qual é a obrigação do convênio de saúde com pessoas com câncer?