AnaMaria

Advogada pede bloqueio de R$ 41 mil de prêmio de Rafael Ilha em "A Fazenda"

De acordo com Ricardo Feltrin, reindivicação é referente a um processo trabalhista

Da Redação Publicado em 02/01/2019, às 11h48 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Rafael Ilha venceu o reality show na noite da última quinta-feira (13) - Reprodução/Record TV
Rafael Ilha venceu o reality show na noite da última quinta-feira (13) - Reprodução/Record TV

Uma advogada trabalhista entrou com um pedido na Justiça de São Paulo para reter R$ 41.170,76 do prêmio líquido de R$ 1,038 milhão que Rafael Ilha receberá por sair vitorioso do reality show "A Fazenda 10", exibido pela Record. 

Quem descobriu a história foi Ricardo Feltrin, do UOL. De acordo com o jornalista, a petição foi feita antes do recesso do Judiciário, em dezembro, e já está na 38ª Vara do Trabalho em São Paulo.

A reindivicação é referente a um processo trabalhista movido por um ex-funcionário da clínica Comunidade Terapêutica Ressurreição, de onde Ilha era sócio. 

O processo começou em 2008 como ação trabalhista, mas a advogada do requerente entrou com pedido para que Ilha, que agora tem patrimônio, salde a dívida da empresa na qual tinha participação. A clínica era localizada em Embu Guaçu e foi fechada anos atrás.

IMPOSTO
A Record anuncia que o prêmio para o vencedor de "A Fazenda" é de R$ 1,5 milhão, mas não avisa que o Imposto de Renda também está embutido no total, o que faz o prêmio cair para R$ 1,038 milhão.

Procurada pelo colunista, a assessoria de Rafael Ilha disse que não se manifestaria sobre o assunto.