AnaMaria

Anitta lamenta morte de dançarino: ''Matar ou morrer virou algo banal''

Anitta desabafa sobre a morte de dançarino do clipe 'Vai Malandra'

Da Redação Publicado em 10/12/2019, às 17h29 - Atualizado às 17h29

A artista desabafou sobre a perda - Instagram/@anitta
A artista desabafou sobre a perda - Instagram/@anitta

Rodrigo Motta, dançarino que participou do clipe ‘Vai Malandra’, da cantora Anitta, foi assassinado, de acordo com o Jornal Extra, após uma briga em um bar no Vidigal, no Rio de Janeiro (RJ). 

A artista usou as redes sociais, nesta terça-feira (10), para lamentar a perda: “Meus sentimentos à família e amigos do Rodrigo Motta, que participou do meu clipe de Vai Malandra. Recebi essa notícia pela internet e fiquei estarrecida. Matar ou morrer virou algo banal no Rio de Janeiro. Isso tem que acabar”, disse. 

O caso aconteceu na última segunda-feira (9), e a morte foi confirmada pela família do bailarino, mas ainda não se sabe mais detalhes sobre o velório. O rapaz, além de dançar, também era bartender no 'Bara da Laje'.

Ainda de acordo com o veículo, um morador da região relatou que Rodrigo se envolveu em uma briga na última semana, e a morte ocorreu por conta de uma 'revanche'. 

Ele teria levado um tiro no pé, um na perna, e logo em seguida teria sido agredido.

Procurada, a Polícia Militar disse não ter conhecimento sobre o caso. Já a secretaria municipal do Rio de Janeiro confirmou a entrada de Rodrigo em um hospital. Ele foi atendido, mas não resistiu.