AnaMaria
Últimas Notícias / Explicação

Anitta se manifesta sobre acusação de roubo em bloco de Carnaval

Cantora foi alvo de críticas na web

Da Redação Publicado em 12/03/2019, às 08h20 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Anitta no desfile do Bloco das Poderosas, no Rio de Janeiro (RJ) - Manuela Scarpa/Brazil News
Anitta no desfile do Bloco das Poderosas, no Rio de Janeiro (RJ) - Manuela Scarpa/Brazil News

Anitta resolveu se pronunciar sobre a denúncia de roubo que fez durante seu bloco de Carnaval, no Rio de Janeiro (RJ), que aconteceu no último sábado (9). 

No twitter, a artista explicou que parte do público pediu para avisar a polícia que tinha um ladrão circulando no bloco. "E foi isso que eu fiz. A visão de cima, por mais que seja ampla não é suficiente para eu ver com detalhes o que se passa em meio a multidão."

Ela ainda afirmou que não deu características da pessoa em questão. "Não apontei, apenas disse que havia uma pessoa roubando. Coube à polícia aturar e apurar."

ENTENDA O CASO 

No Bloco das Poderosas, Anitta parou sua apresentação para informar à polícia sobre um suposto ladrão que estava furtando os foliões. 

"Alô, polícia. Tem um ladrãozinho aqui no meio. O último que veio aqui para roubar se lascou. Nasci pobre, estou aqui ralando. Ninguém precisa tirar nada de ninguém", disse a cantora na ocasião. 

Um homem foi levado para a delegacia, mas ele não carregava nenhum celular roubado e não foi considerado culpado. 

A web criticou Anitta, afirmando que a cantora teria causado uma situação problemática ao afetar um inocente, que ainda era negro. 

Mas é claro que alguém vai apontar pra um homem negro, dizer que ele é ladrão e você vai acreditar. E, claro, ainda vai tornar a situação mais humilhante ao chamá-lo de ladrãozinho e fazer esse discurso ridículo sobre mérito", comentou um usuário na rede social.

"Apontou uma pessoa inocente, toma mais cuidado da próxima porque a vida do moleque pode ter sido arruinada, num país onde o passatempo da polícia é matar preto, botar um alvo nas costas de um jovem negro é botar a vida dele em risco", disse outra internauta no Twitter.