Antonia Fontenelle se posiciona sobre manifestação contra o aborto de menina de 10 anos

A apresentadora também foi contra influenciadores que irão prover estudos e tratamento psicológico

Da Redação Publicado segunda 17 agosto, 2020

A apresentadora também foi contra influenciadores que irão prover estudos e tratamento psicológico
Antonia Fontenelle se posiciona sobre manifestação contra o aborto de menina de 10 anos - Reprodução/Instagram

Muitos famosos e influenciadores usaram as redes sociais para comentar sobre a gravidez da menina de dez anos. A gestação aconteceu depois da pequena ter sido estuprada pelo tio, situação que já acontecia desde que a criança tinha 6 anos de idade. 

Antonia Fontenelle foi uma das celebridades que usou as plataformas digitais para demonstrar a sua opinião sobre os religiosos que foram à porta do hospital protestar contra a realização do aborto. 

"Vamos lá: Estou há um tempo olhando esse vídeo e não consigo postar porque meu sangue ferve e não consigo transpor a minha indignação com tamanha falta de senso, me faltam palavras pra me dirigir a essas [pessoas]", começou ela. 

Logo em seguida, a loira chamou atenção para o fato dos religiosos não se manifestarem contra o estuprador e pedófilo. 

"Pessoas que saem de suas casas pra tentar invadir um hospital e impedir que uma criança tenha sua gravidez interrompida. Essa gente gritava assassina pra uma criança de 10 anos de idade. Essa gente fecha os olhos para o fato de que uma criança dessa idade não tem capacidade física, e muito menos psicológica de gerar um filho, criar então não preciso nem dizer, né? Essa gente fecha os olhos para o fato de que ASSASSINO FOI QUEM A ESTUPROU POR DIVERSAS VEZES, era na porta dele que vocês deveriam estar e não na porta do hospital", assegurou.

E acrescentou: "Não vi nenhum religioso gritando assassino na porta desse estuprador, desse monstro que merece morrer na cadeia estuprado e violentado em todos os sentidos". 

Depois Fontenelle criticou a postura de alguns influenciadores digitais em relação ao caso. Sem citar nomes, a apresentadora mencionou atos divulgados pelos youtubers Whindersson Nunes e Felipe Neto, que asseguraram que irão prover o tratamento psicológico e os estudos da vítima. 

"Outra coisa nojenta é ver youtubers/influêncers de grande alcance oferecerem de tudo pra criança, é escola, psicólogo.... Ela só precisa de paz, amor e proteção. Abominável ver essa gente usando sua voz pra se promover sempre que acontece uma desgraça de grande dimensão, porque não usam suas vozes pra pedir que a justiça puna esse assasino, pedófilo, estuprador. Porque não se juntam e contratam os melhores advogados do país pra por esse monstro na cadeia e garantir que ele seja condenado com pena máxima pra dar exemplo", disse. 

Para encerrar, afirmou: "E por último a pergunta que não quer calar: AONDE ESTAVAM OS PAIS DESSA CRIANÇA, QUE NÃO A PROTEGERAM DESSE MONSTRO? PORQUE DEIXARAM ESSA GESTAÇÃO IR TÃO LONGE? Tá tudo errado, mas uma coisa eu tenho certeza. DEUS ESTÁ VENDO E PUNIRÁ TODOS VOCÊS". 

Último acesso: 19 Jun 2021 - 23:16:24 (1120544).