AnaMaria
Últimas Notícias / Recordista

Aos 119 anos, morre pessoa considerada a mais velha do mundo pelo Guinness

Eleita pessoa mais velha do mundo, Kane Tanaka vivia no sudoeste do Japão

Da Redação Publicado em 25/04/2022, às 12h41

A japonesa, nascida em 1903, vivia uma vida comum em uma casa de repouso - Guinness World Records
A japonesa, nascida em 1903, vivia uma vida comum em uma casa de repouso - Guinness World Records

A japonesa Kane Tanaka, reconhecida como a pessoa mais velha do mundo pelo Guinness Book, morreu na última terça-feira (19). As informações foram confirmadas pelas autoridades do Japão e lamentadas através das redes sociais do livro dos recordes nesta segunda-feira (25).

Kane Tanaka nasceu em 2 de janeiro de 1903 na região de Fukuoka, no sudoeste do Japão. Segundo o Guinness, a idosa levava uma vida normal em uma casa de repouso da região - com muitos jogos de tabuleiro, questões matemáticas, refrigerantes e chocolates.

Inclusive, a recordista pretendia utilizar uma cadeira de rodas para participar do revezamento da tocha nos Jogos Olímpicos de Tóquio (2021), porém foi impedida devido às restrições da pandemia da covid-19.

Foi apenas nos últimos meses que ela começou a apresentar problemas de saúde, de acordo com a família, dando entrada diversas vezes no hospital. Aos 116 anos, Tanaka já havia entrado para a história como a segunda pessoa mais velha já registrada pelo livro dos recordes.

"Lamentamos informar que Kane Tanaka faleceu aos 119 anos. Ela se tornou a pessoa viva mais velha do mundo em janeiro de 2019, com 116 anos e 28 dias. Ela também é a segunda pessoa mais velha já registrada, atrás apenas de Jeanne Calment, que viveu até os 122 anos", publicou o Guiness World Records no Twitter.

A instituição informou que fará uma investigação para oficializar quem é a nova pessoa considerada a mais velha do mundo após a morte de Kane Tanaka. Vale reforçar que o Japão é o país com a população mais longeva do mundo, com 28% de pessoas acima dos 65 anos.