AnaMaria

Aos 51 anos, Daniela Escobar diz que não precisa de homem para ser feliz: ''Tenho livros para ler''

Atriz está morando nos Estados Unidos há 15 anos e deverá voltar às novelas em breve

Da Redação Publicado em 08/09/2020, às 17h26 - Atualizado às 17h26

Natália (Daniela Escobar) em 'Flor do Caribe' - Globo/João Miguel Júnior
Natália (Daniela Escobar) em 'Flor do Caribe' - Globo/João Miguel Júnior

Daniela Escobar, no ar na reprise de ‘Flor do Caribe’, na Globo, está solteira e muito bem decidida. Ela reside na Califórnia, nos Estados Unidos, há 15 anos, e pretende ainda retornar às telinhas quando iniciarem as gravações de ‘Gênesis’, na Record TV. Mesmo em meio à pandemia e com o filho no Brasil, ela garante não se sentir sozinha.

“Vim ao mundo para ser feliz, gosto de estar em paz. Não sinto solidão. Tenho livros para ler, amigos maravilhosos e dois gatos que não me dão um minuto de sossego. Sem tempo para babaquice na vida, para me jogar numa relação que não seja complementar. Não tenho um buraco e fico esperando alguém preenchê-lo”, disse em entrevista à Patrícia Kogut, do jornal O Globo.

A atriz, que já foi casada com o diretor Jayme Monjardim e Marcelo Woellner, explica que não está à procura de ninguém.

“Não aconteceu de encontrar uma pessoa. Não sei dizer se felizmente ou infelizmente. A última tentativa não foi boa, não deixou boas recordações. Eu estou aberta, mas meus amigos dizem que escolho demais, sou muito exigente. Mas eu não sou. Tenho boa autoestima, me amo e me respeito. Antes só que mal acompanhada. Se não estou bem e feliz, me retiro com educação e sigo meu caminho”, destacou.

Por fim, contou o que faria caso aparecesse alguém em sua vida: “Se pintar alguém no caminho para somar, que essa pessoa possua os mesmos valores que eu. Essa coisa de ‘os opostos se atraem’ eu já experimentei e vi que não é verdade”.