AnaMaria
Últimas Notícias / Frustração

Apoiador de Bolsonaro, Fagner revela estar insatisfeito com atual governo

Cantor Fagner admitiu frustração com o presidente Jair Bolsonaro

Da Redação Publicado em 08/06/2019, às 11h26 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h47

Fagner falou sobre política durante participação no 'Conversa com Bial' - Reprodução/Instagram
Fagner falou sobre política durante participação no 'Conversa com Bial' - Reprodução/Instagram

O cantor Fagner resolveu dar sua opinião sobre política para Pedro Bial durante o programa 'Conversa com Bial', exibido na sexta-feira (7). O artista falou sobre o atual governo de Jair Bolsonaro, o qual ele apoiou durante o período de eleições do ano passado, e contou sobre sua frustração.

"Ele [Bolsonaro] não disse que é presidente de todos os brasileiros? Então não é o momento de ficar provocando, ele já fez isso na campanha", criticou. "Tem horas que parece que ele continua na campanha, que ele não combina com a turma dele. Está sempre tendo um disse-me-disse. Frustra um pouco. Passa uma impressão de amadorismo", declarou. 

Mesmo envolvido no mundo artístico, Fagner é crítico da Lei Rouanet e não nega que sua biografia recém-lançada "Fagner: Quem Me Levará Sou Eu", de Regina Echeverria, foi financiada pelo benefício fiscal. "Quando eu critiquei, acho que foi por causa dos valores altos. Esse livro eu também não sabia. Quando soube já tinham pedido", esclareceu o cantor.

Em outros momentos, Fagner deixou clara a sua opinião sobre Bolsonaro e o governo anterior do PT e suas políticas. "Entusiastas, todos nós éramos para que surgisse algo que estancasse um pouco essa sangria vermelha. Eu acho que ele está indo bem. Essas histórias paralelas, de filho, isso não depende dele", disse à revista Fórum.