AnaMaria
Últimas Notícias / política

Após pedido de Bolsonaro, movimentos pró-governo adiam atos programados para domingo

Movimentos pró-governo adiam atos programados após pedido de Bolsonaro

Da Redação Publicado em 14/03/2020, às 12h29 - Atualizado às 12h32

Na última quinta-feira (12), Bolsonaro surgiu em rede nacional para falar sobre o Covid-19 - TV
Na última quinta-feira (12), Bolsonaro surgiu em rede nacional para falar sobre o Covid-19 - TV

No próximo domingo (15), aconteceriam em todo o Brasil manifestações a favor do governo. No entanto, após Bolsonaro dizer em rede nacional que os atos deveriam ser respensandos para não colocar a saúde da população em risco, os movimentos decidiram adiar os protestos.

"Em virtude da solicitação do presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, em sua live há poucos minutos, nós iremos adiar nacionalmente nossa participação na manifestação que ocorreria no próxima dia 15/03/2020", escreveu o grupo 'Nas Ruas' em um comunicado publicado no Facebook, onde também explicam que o ato acontecerá em um "momento adequado".

Da mesma forma, o 'Movimento Avança Brasil' anunciou, em suas redes sociais, o adiamento dos protestos, pois os representantes estavam "atendendo a pedido do sr. presidente e do sr. ministro da Saúde".

Em um discurso para a rede nacional, exibido na última quinta-feira (12), o Presidente da República elogiou a ideia das manifestações, mas pediu zelo em decorrência do Covid-19 (novo coronavírus).

"Queremos um povo atuante e zeloso com a coisa pública, mas jamais podemos colocar em risco a saúde da nossa gente. Os movimentos espontâneos e legítimos marcados para o dia 15 de março atendem aos interesses da nação... Precisam, no entanto, diante dos fatos recentes, ser repensados. Nossa saúde e de nossos familiares devem ser preservados", argumentou.