AnaMaria

Após polêmica, Giovanna Ewbank volta a seguir Marina Ruy Barbosa nas redes sociais

Loira, ao lado do marido, foi madrinha de casamento da ruiva

Da Redação Publicado em 05/05/2019, às 08h48 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h47

Giovanna Ewbank deixou de seguir Marina Ruy Barbosa após nome da ruiva ser envolvido em polêmica de separação - Reprodução/TV Globo/Instagram
Giovanna Ewbank deixou de seguir Marina Ruy Barbosa após nome da ruiva ser envolvido em polêmica de separação - Reprodução/TV Globo/Instagram

Giovanna Ewbank resolveu voltar a seguir Marina Ruy Barbosa em seu Instagram, no último sábado (4). A esposa de Bruno Gagliasso havia deixado de acompanhar a atriz, após ela ser apontada como pivô da separação de José Loreto e Débora Nascimento.

Marina, no entando, não deixou de seguir a apresentadora e madrinha de seu casamento ao lado de Bruno. Na época, além de Giovanna, outras famosas pararam de acompanhar a ruiva na rede social. Bruna Marquezine e Thaila Ayala foram algumas delas. 

De acordo com o jornal Extra, a atriz teria conversado com Gagliasso, mas ele afirmou que apoiaria a esposa em qualquer decisão. Dessa forma, os protagonistas de 'O Sétimo Guardião' cortaram relações e apenas seguiram com a novela. 

Após o tumulto, Bruno e Marina voltaram a se relacionar. 

RELEMBRE O CASO

Marina Ruy Barbosa foi apontada pelo colunista Léo Dias como pivô da separação dos atores José Loreto e Débora Nascimento, que anunciaram o fim do casamento em 16 de fevereiro. Casada com Alexandre Negrão, ela negou o fato, mas permanece sob os holofotes desde que a notícia do rompimento foi divulgada.

“Atualmente eu e o José Loreto estamos fazendo um par romântico na novela e por isso podem fazer especulações. Nós nos tornamos muito amigos, por quem tenho muito carinho, o que me deixa ainda mais triste em relação a isso tudo", afirmou a ruiva.

Ela também desabafou nas redes sociais: "Apontada por fofoqueiros da internet, que devem assistir muita televisão e pelo visto a novela. Eu amo meu marido e sou muito feliz no casamento e nunca teria nada com o José Loreto, além de uma parceria profissional. Completamente infundado tudo isso!".

RECONHECEU FALHA

Em texto publicado em sua conta oficial do Instagram, José Loreto pediu perdão à ex-mulher pela superexposição, mas negou tê-la traído. 

“Errei sim, manchei o teu nome. Débora, você tem todas as razões para estar magoada comigo. Te dei motivos, indícios, diria que até provas, que eu mesmo, se estivesse no seu lugar, diria que são inquestionáveis. Mas a vida real às vezes surpreende até as 'vidas de novela'. A realidade é cruel, tem consequências e verdades que não agradam à audiência. Na realidade do meu momento, preciso te dizer que não fui legal com você, cruzei fronteiras emocionais que hoje me arrependo profundamente. Não quero dar nomes, não posso fazê-lo. E também acredito que o reconhecimento de nossas falhas é um processo individual e intransferível. Sem contar que, apesar das evidências, eu te juro que nada aconteceu. Sei que é difícil de acreditar, mas nem sempre a verdade é translúcida", disse ele.

Em seguida, o global se desculpou também com Bella, de 10 meses, e com qualquer outra pessoa envolvida na polêmica.

"Peço perdão a você e à nossa filha, antes de quaisquer outras pessoas, pois vocês foram as verdadeiras vítimas da minha hesitação. Peço desculpas a todas as pessoas que, de alguma maneira, foram envolvidas neste espetáculo público que eu causei. Peço desculpas ao público que sempre me prestigiou por desapontá-lo. Peço desculpas a todas as mulheres que se sentiram ofendidas por essa situação".

Por fim, Loreto deixou claro que não desistiu do casamento e pretende se reconciliar com Débora. "Peço a todos que, neste momento, me deem a oportunidade de reencontrar o silêncio necessário para que a gente possa voltar a se ouvir. Peço ao universo que me ajude a te reconquistar, meu amor", declarou ele.