AnaMaria
Últimas Notícias / Flagrante

Após processar Pe. Marcelo Rossi, escritora é presa em flagrante

Izaura Garcia alegou que o religioso plagiou suas obras

Da Redação Publicado em 13/05/2019, às 09h37 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h47

Pe. Marcelo Rossi foi acusado de plágio por escritora no livro 'Ágape' - Reprodução
Pe. Marcelo Rossi foi acusado de plágio por escritora no livro 'Ágape' - Reprodução

A escritora Izaura Garcia foi presa em flagrante após a polícia descobrir que ela forjou provas em um processo que movia contra o Pe. Marcelo Rossi. As investigações foram mostradas no 'Fantástico' do último domingo (12). 

Izaura processou o religioso ao acusá-lo de ter plagiado uma de suas obras no livro 'Ágape'. A escritora chegou a pedir indenização no valor superior a R$ 50 milhões. 

No entanto, as investigações da polícia mostraram que as documentações que ela usava como prova, na verdade, eram forjadas. 

De acordo com o delegado Maurício Demétrio, a análise da Biblioteca Nacional não reconhece o cabeçalho, a formatação e nem o manuscrito do documento apresentado por Izaura. 

A escritora já recebeu ao menos cinco acusações de estelionato. Segundo a investigação, ela usava trechos de autores desconhecidos como se fossem dela para exigir direitos autorais, além de falsificar manuscritos originais. 

Izaura e as duas advogadas que a acompanhavam em depoimento foram presas em flagrante, acusadas de formação de quadrilha, denunciação caluniosa, estelionato e uso de documentos falsos. As três responderão em liberdade. 

Pe. Marcelo Rossi afirmou apenas que já perdoou a escritora.