AnaMaria
Últimas Notícias / Continua na Record

Apresentador da Record TV recusa proposta da CNN Brasil

Álvaro Garnero, da Record TV, recusa proposta de ida para a CNN

Da Redação Publicado em 04/10/2019, às 14h07 - Atualizado às 14h15

Álvaro Garnero apresenta o quadro '50 por 1' nos domingos da Record TV. - Arquivo Pessoal
Álvaro Garnero apresenta o quadro '50 por 1' nos domingos da Record TV. - Arquivo Pessoal

Álvaro Garnero, apresentador da Record TV, recusou uma proposta muito boa da CNN Brasil para continuar no canal de Edir Macedo.

De acordo com o site Notícias da TV, fontes próximas informaram o motivo da decisão inesperada: a emissora é um canal aberto e traz muito mais visibilidade para seu negócio. Já a CNN será disponibilizada apenas para assinantes da TV a cabo.

Garnero tem um quadro fixo no ‘Domingo Espetacular’, o ‘50 por 1’. Nele, dá destaque a viagens que faz para diferentes lugares no mundo, abordando 50 experiências para viver no local.

O apresentador faz parte de um grande grupo empresarial, além de ser sócio de casas noturnas e restaurantes. Seu emprego na TV é um modo de se tornar uma figura conhecida.

O convite partiu de Douglas Tavolaro, ex-diretor de jornalismo da Record, que agora comanda a CNN Brasil. Os dois são amigos de longa data.

Até agora, Monalisa Perrone, Reinaldo Gottino, William Waack, Evaristo Costa e Luciana Barreto, além do casal Phelipe Siani e Mari Palma, foram alguns dos jornalistas já confirmados no novo canal.

ADEUS

Phelipe Siani deixou a Globo após oito anos de casa. Ao anunciar a decisão, o repórter disse que não foi nada fácil. "Foi muito difícil dar tchau. Nem consegui me despedir direito dos meus colegas", afirmou.

Já Mari Palma trabalhava na Globo há 11 anos e anunciou a saída em suas redes sociais, poucos dias após Phelipe, seu namorado. Na ocasião, ela deu indícios dos planos para o futuro.

"Mudar é difícil demais, mas eu gosto do frio na barriga, de sair da zona de conforto, de me arriscar --sem isso, a gente nunca sai do lugar. Agora, adivinha só: chegou a hora de mudar de novo.", afirmou. 

De acordo com o site "Notícias da TV", os dois foram sondados pela CNN Brasil no início de julho. Eles teriam comunicado os seus chefes na Globo, mas, ao contrário do que se esperava, não receberam nenhuma contraproposta.