AnaMaria
Últimas Notícias / Fim dos tempos?

Aquecimento global pode acabar com a cerveja, alertam cientistas

Segundo estudo, as mudanças climáticas vão afetar a colheita de cevada, principal elemento da bebida

Da Redação Publicado em 17/10/2018, às 12h45 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

A cerveja pode estar com os dias contatos. - IStock/Banco de imagens
A cerveja pode estar com os dias contatos. - IStock/Banco de imagens

Atenção cervejeiros: a sua bebida favorita pode acabar! Tudo por conta do aquecimento global, que vem afetando os locais de cultivo de cevada, principal ingrediente da cerveja. Um estudo publicado pela Nature, uma das principais publicações científicas do mundo, revela que mudanças climáticas extremas -- como secas e ondas de calor -- vão afetar a colheita do principal componente da bebida. 

As descobertas ganharam destaque após a divulgação de um relatório das Nações Unidas expondo as consequências das mudanças climáticas, incluindo o agravamento da escassez de comida e água.

“Nossos resultados mostraram que o abastecimento de cerveja caiu cerca de 16% em anos quando secas e as ondas de calor aconteceram”, diz o co-autor do estudo, Steven Davis, ressaltando que os números são em relação ao consumo total de cerveja nos EUA. “Mas o futuro climático e as condições comerciais podem colocar a cerveja fora de alcance para milhões de pessoas.”

Vai custar caro

As perdas de rendimento da cevada ao redor do mundo podem variar entre 3 e 17%, dependendo da gravidade das condições. Trazendo a questão para a América Latina, o estudo apontou que a queda de cultivo na Argentina pode ser maior que em outros lugares. Estima-se que a terra dos hermanos sofra uma perda aproximada de 32%. 

E com a falta de cerveja, a elevação de preço da bebida alcoólica -- uma das mais populares do mundo -- é certeira. Em países onde a bebida já é cara, como a Irlanda, o aumento pode chegar perto de 193%. Se transferíssemos esse custo para o Brasil, isso significaria que uma cerveja por R$ 5 hoje passaria a custar R$ 14,65.