AnaMaria

Autor de livro sobre Caso Richthofen comenta aprovação da condenada na faculdade

Ulisses Campbel comenta a aprovação de Suzane von Richthofen na faculdade

Da Redação Publicado em 04/02/2020, às 18h01

Autor de livro sobre Caso Richthofen comenta aprovação da condenada na faculdade - Foto: Reprodução
Autor de livro sobre Caso Richthofen comenta aprovação da condenada na faculdade - Foto: Reprodução

Após a divulgação da notícia de que Suzane von Richthofen foi aprovada na lista do Sisu (Sistema de Seleção Unificado) para cursar Turismo, o assunto alcançou grande repercussão na mídia. 

Segundo Ulisses Campbel, autor do livro ‘Suzane - manipuladora e assassina’, esta não foi a primeira vez que a mulher de 37 anos passou no vestibular, já tendo sido aprovada para cursar administração em 2016. 

“A Justiça proibiu ela de estudar e fazer matrícula alegando que ela poderia ser hostilizada no ambiente acadêmico. Ela recorreu em segunda instância, conseguiu o direito de se matricular mas ela mesma decidiu não ir,” explicou em entrevista ao ‘Aventuras na História’. 

De acordo com o especialista no assassinato cometido por Suzane, a mulher construiu uma reputação de celebridade e é constantemente assediada por adoradores. Isto faz com que a sua presença em um ambiente acadêmico possa causar certo tumulto. 

“A saída dela da cadeia é um evento, ela vai ao mercado e as pessoas querem tirar selfie, então para o ambiente acadêmico eu não sei até onde tumultuária”, declarou. 

De acordo com Ulisses, a loira chegou a tentar se matricular em aulas online, mas a cadeia não possui estrutura para algo do tipo, justificando a sua presença em uma sala de aula. 

“A saída dela da cadeia é um evento, ela vai ao mercado e as pessoas querem tirar selfie, então, para o ambiente acadêmico, eu não sei até onde tumultuária”, declarou.

O escritor ressaltou ainda que faz parte do sistema prisional o retorno dos condenados à vida em sociedade.