AnaMaria

Autor de novelas deixa a Record após geladeira: ''Anos frustrantes pra mim''

Marcílio Moraes deixa a Record após cinco anos na geladeira

Da Redação Publicado em 02/07/2019, às 15h10 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h47

Marcílio Moraes deixa a Record após 15 anos na emissora - Divulgação
Marcílio Moraes deixa a Record após 15 anos na emissora - Divulgação

Após deixar a Rede Globo e se aventurar como autor de novelas para a Record, Marcílio Moraes está saindo da emissora de Edir Macedo. 

Foram 15 anos de casa e cinco deles em uma geladeira. 

"Os primeiros nove anos na Record foram excelentes. Tive oportunidade e liberdade para escrever novelas e séries de sucesso e relevantes para a dramaturgia televisiva. Os últimos cinco anos foram frustrantes para mim", desabafou Marcílio em entrevista para o portal Notícia da TV. 

Moraes justifica sua entrada para o freezer da emissora após a radicalização do projeto bíblico da Record. Sem disposição para tramas sobre este tema, ele foi encostado. 

"A orientação lá hoje é diferente. Acho que, como só faço os meus projetos e não o dos outros, bato de frente com o que a emissora deseja", disse.

O profissional foi responsável pelas novelas “Essas Mulheres” (2005) e “Vidas Opostas” (2007), e as minisséries “A Lei e o Crime” (2009) e “Fora de Controle” (2012).

O último trabalho do autor para a emissora foi no fim de 2014, com a minissérie Plano Alto. 

Para o futuro, Marcílio deseja continuar escrevendo e não descarta uma reaproximação com a Rede Globo. "Tenho inúmeros projetos para a televisão, certamente os melhores da minha vida, pela experiência que adquiri".