AnaMaria

Autora de ‘Amor de Mãe’ revela que Thelma é a grande vilã da história

Dramaturga revelou como será o retorno da personagem na trama

Da Redação Publicado em 12/05/2020, às 13h04 - Atualizado em 25/06/2020, às 23h14

Thelma (Adriana Esteves) em 'Amor de Mãe' - Globo / Divulgação
Thelma (Adriana Esteves) em 'Amor de Mãe' - Globo / Divulgação

Com a pausa nas gravações por conta pandemia, Manuela Dias, autora de ‘Amor de Mãe’, guarda grandes reviravoltas para os personagens da novela. Uma delas é Thelma, interpretada por Adriana Esteves.

No último capítulo da primeira parte da história, vimos a inofensiva mãe cometer um assassinato para impedir que seu segredo seja revelado: Danilo (Chay Suede), é Domênico, o filho perdido de Lurdes (Regina Casé).

“Ela cruzou a linha. A partir daí, tudo é possível. Podemos esperar tudo de Thelma. Tudo mesmo”, disse Manuela ao site Notícias da TV, na última segunda-feira (11).

A dramaturga esclareceu ainda que Thelma não mudou da água para o vinho, já que ao longo da trama foram mostradas suas nuances e motivações. Além disso, classificou a personagem como uma vilã do bem.

“Acho que estávamos muito acostumados a vilões ardilosos, adoráveis, com uma pitada de humor, ligados ao excesso de alguma forma, e a Thelma é uma vilã daquelas que temos dificuldade em amar”, explicou.

Mesmo fazendo maldades, ela garante que a mulher não é má: “A tragédia dela está justamente em ser boa, como Macbeth, que é bom. Ela quer o bem de todos, mas existe uma única coisa que ela não admite: a possibilidade de perder Danilo”.