AnaMaria
Últimas Notícias / Deu microfonada

Band demite repórter que reagiu a cuspe de suspeito em reportagem

Band demite Elisângela Carreira, que reagiu à cuspe de um suspeito

Da Redação Publicado em 06/03/2020, às 16h28 - Atualizado às 16h29

Repórter foi agredida por criminoso durante reportagem - Instagram/ @elisangelacarreira
Repórter foi agredida por criminoso durante reportagem - Instagram/ @elisangelacarreira

A Band demitiu, na tarde da última quinta-feira (5), a repórter Elisângela Carreira, do programa ‘Bora SP’, comandado por Joel Datena nas manhãs da emissora. As informações são do site RD1.

A notícia vem depois de um episódio constrangedor protagonizado pela jornalista em outubro passado. Na reportagem, um criminoso deu uma cusparada em seu rosto.

Elisângela imediatamente reagiu ao ato e golpeou o homem com o microfone que segurava.  

Na cobertura em questão, Heronildo Martins foi preso suspeito de matar e estuprar Aline Silva Dantas, 19, vítima de homicídio e crime sexual em uma cidade do interior de São Paulo.

Carreira chegou a participar do programa ‘Brasil Urgente’, apresentado por José Luiz Datena, e comentou a polêmica.

“Quando ele tava vindo, na hora que ele veio, já levantou a cabeça e olhou para mim. Naquele momento, eu pensei 'vem uma cabeçada', ou um cuspe. Tentei me afastar mas não deu. Ele, então, teve essa atitude covarde. Ele tem repúdio por mulher, dá para perceber pelo ato dele. A minha reação foi instantânea”, disse ela.