AnaMaria
Últimas Notícias / Polêmica

Bolsonaro ironiza críticas de Xuxa e pede apoio dos seguidores da atriz: ''Nos siga''

Apresentadora chegou a pedir que apoiadores do presidente deixem de segui-la nas redes sociais

Da Redação Publicado em 13/10/2021, às 15h51 - Atualizado às 15h51

Jair Bolsonaro rebate comentários de Xuxa Meneghel nas redes sociais - Instagram/@jairmessiasbolsonaro / @xuxameneghel
Jair Bolsonaro rebate comentários de Xuxa Meneghel nas redes sociais - Instagram/@jairmessiasbolsonaro / @xuxameneghel

Xuxa Meneghel tem usado suas redes sociais para fazer duras críticas ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e seu governo. Na última terça-feira (12), o chefe do Executivo decidiu rebater um dos comentários da loira por meio do seu Twitter oficial.

A atriz já se manifestou contra o governo de extrema direita várias vezes, mas as suas postagens e desabafos ficaram mais constantes após a polêmica envolvendo o veto do presidente ao projeto de lei que viabilizaria a distribuição de absorventes gratuitos e o pronunciamento de que não irá se vacinar contra a covid-19.

No último domingo (11), a famosa fez um pedido nas suas redes sociais: "Se você apoia Bolsonaro, deixe de me seguir". Uma página no Twitter chamada 'Vida Destra' compartilhou a notícia e, por meio das respostas, o presidente decidiu rebater.

“Se você apoia a Xuxa, peço que nos siga. Seria uma satisfação apontar fatos omitidos para que possamos sempre melhorar e unir nosso país", escreveu o militar, ironizando o pedido da atriz.

Confira:

MAIS CRÍTICAS

No último domingo (10), Xuxa Meneghel publicou um vídeo em que o presidente questiona a necessidade do passaporte da vacina, exigido para comprovar a vacinação contra a covid-19 em determinados locais. 

Em resposta, a loira escreveu: “Eu lhe respondo porque, Sr. presidente. Porque estamos em uma pandemia, porque a lei serve para todos, porque assim protegemos as pessoas, porque já morreram 600 mil pessoas, porque precisamos seguir o que os cientistas, médicos e a organização mundial da saúde pedem e exigem a todos no mundo”. 

A apresentadora aproveitou para fazer um apelo para que os seguidores apoiem o abaixo-assinado 'Vidas Brasileiras', que propõe o impeachment do presidente e a proteção da população. “Quem não faz isso, não segue as regras mundiais é genocida... ( e ainda tem gente que vai querer argumentar)… Por favor, deixe de me seguir, deixe de falar comigo. E você que é a favor da vida, assine o impeachment agora”, concluiu. 

Vale mencionar que, no vídeo em questão, Bolsonaro havia acabado de ser barrado na partida entre Santos e Grêmio, realizada na Vila Belmiro, por não apresentar o comprovante de vacinação. Sem dados ou comprovação científica, o presidente afirmou que tem “mais anticorpos do que quem tomou a vacina”.