AnaMaria

Bruno Cardoso, do Sorriso Maroto, agradece fãs pelo apoio após problemas de saúde

Bruno Cardoso agradece apoio dos fãs após procedimento no pulmão

Da Redação Publicado em 13/08/2019, às 15h33 - Atualizado em 18/08/2019, às 10h56

Bruno Cardoso - Vitor Branco/Sorriso Maroto/Divulgação
Bruno Cardoso - Vitor Branco/Sorriso Maroto/Divulgação

Bruno Cardoso, vocalista do grupo 'Sorriso Maroto', usou suas redes sociais para agradecer aos fãs por todo apoio e carinho recebido após ser diagnosticado com um derrame na pleura. 

Depois de passar por um procedimento médico na última sexta-feira (9), o cantor usou a sua conta no Instagram na segunda-feira (12) para fazer um agradecimento especial e falar sobre a volta aos palcos.

"Estou aqui em forma de agradecimento e dizer que logo, logo, se Deus quiser, estarei mais que mil por cento. Agora é um processo que eu vou passar de recondicionamento pulmonar. Daqui a pouquinho já vou estar no pique para finalmente estar no palco cantando e dividindo a nossa música com vocês", disse.

Devido ao problema de saúde do artista, a banda 'Sorriso Maroto' adiou todos os shows marcados até o começo de setembro.

A DOENÇA

Bruno recebeu, na última semana, o diagnóstico de derrame pleural, que é o acúmulo excessivo de líquido no espaço entre as membranas que recobrem o pulmão. 

Assim que a notícia se espalhou, a assessoria de imprensa do grupo 'Sorriso Maroto' informou que adiaria os shows marcados até o final do mês de agosto e as primeiras apresentações de setembro. 

Bruno resolveu tranquilizar os fãs e revelou que o procedimento e a recuperação são simples. "De acordo com o meu médico pneumologista, Dr. Rafael Pottes, será um procedimento simples, mas necessário. O tempo de recuperação é rápido e eu estou muito feliz em poder resolver essas dores que tanto me incomodam, ainda mais com as recentes notícias de evolução na melhora do coração. Em breve estou de volta aos palcos, melhor que antes", explicou.

Vale ressaltar que, em 2018, Bruno ficou seis meses afastado do grupo por causa de uma inflamação no miocárdio