AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Buscas em Petrópolis continuam para localizar vítimas do temporal

Ainda há uma pessoa desaparecida após as chuvas de domingo

Cristina Indio do Brasil - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro Publicado em 23/03/2022, às 12h30

Secretaria de Estado de Defesa Civil do Rio de Janeiro
Secretaria de Estado de Defesa Civil do Rio de Janeiro

Os bombeiros continuam os trabalhos na Rua Washington Luiz, em Petrópolis, região serrana do estado do Rio de Janeiro, onde há uma vítima desaparecida. Na terça-feira (22) os militares localizaram dois corpos, um homem e uma adolescente. Os dois estavam soterrados no mesmo lugar onde hoje estão sendo feitas novas buscas.

Desde a tarde de domingo (20) que as equipes da Secretaria de Estado de Defesa Civil (Sedec-RJ) e do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) se mantêm mobilizadas, para prevenir e minimizar os danos causados pela tempestade de domingo.

O Corpo de Bombeiros conta com cerca de 140 militares em Petrópolis com apoio das unidades especializadas, incluindo as equipes do Grupamento de Busca e Salvamento, Socorro Florestal e Meio Ambiente, com suporte de cães farejadores da corporação, que ajudam na localização de vítimas.

PREVISÃO

As condições meteorológicas para todo o Rio de Janeiro são de melhoria a partir desta quarta-feira, após o afastamento da frente fria que provocou as mudanças no clima e chuva forte em várias regiões do estado, como é o caso de Petrópolis. Há previsão também de pouca nebulosidade e temperatura subindo gradativamente.

Hoje e amanhã, a temperatura deverá superar 32 graus e, na sexta feira, o calor aumenta com variação de 35 a 37 graus. A meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Marlene Leal, disse à Agência Brasil que isso ocorre por causa da entrada, ontem, de um sistema frontal bastante intenso no Sul do país, com ocorrências de tempestades no estados da região, em São Paulo, a partir da quinta-feira, e no Rio de Janeiro, no fim de semana.

O mesmo panorama segue para o sábado à tarde no litoral sul do Rio e de sábado para domingo atingindo a região metropolitana e serrana. “A temperatura na serra, nos próximos dias, será de 13 a 29 graus Celsius e no sul do estado, 18 a 34 graus Celsius.”

ESCOLAS

As aulas das escolas e centros de Educação Infantil (CEI) da rede municipal de ensino localizada em Retiro, Cascatinha, Carangola, Roseiral, Corrêas, Araras, Nogueira, Itaipava, Pedro do Rio e Posse recomeçam hoje (23). “De acordo com a prefeitura, alunos de 56 escolas e 36 CEIs voltam às aulas presenciais, seguindo todos os protocolos de segurança em relação à covid-19.

A secretária municipal de Educação, Adriana De Paula, disse que já há condições das escolas retomarem as aulas presenciais, porque estão localizadas em áreas que foram menos atingidas pelo temporal e a mobilidade urbana ficou menos comprometida. “A educação é um direito das nossas crianças e estamos nos empenhando e nos esforçando para que todas as unidades da rede municipal voltem as atividades”, disse.

A secretária ressaltou que está fazendo o planejamento da reposição das aulas. “Todas as escolas estão preparadas para receber os alunos nesta retomada das aulas. A reposição vai ocorrer em todas as escolas e esperamos, em breve, que todos os alunos da nossa rede retomem as aulas”, explicou Adriana De Paula.

Amanhã (24), serão reabertas as escolas e centros de Educação Infantil de todo o primeiro distrito de Petrópolis. A exceção é a Escola Municipal Vereador José Fernandes, que está interditada, e aquelas que são pontos de abrigo para as famílias vítimas do temporal dos dias 15 de fevereiro e 20 de março.

Os alunos da Escola Municipal Clemente Fernandes na área da 24 de Maio serão realocados na Casa da Educação Visconde de Mauá, no centro, e reiniciam as aulas amanhã em horário normal. “Para garantir o atendimento dos alunos dos centros de Educação Infantil Deisy Eloi (Chácara da Flora) e Augusto Meschick (24 de Maio), a prefeitura de Petrópolis, por meio da Secretaria de Educação, está realocando os alunos. As duas unidades não foram atingidas por deslizamentos, mas estão localizadas em duas áreas bastante afetadas pelas chuvas”, informou a prefeitura.

As duas unidades têm 90 alunos e os pais ou responsáveis que ainda não fizeram a solicitação de transferência podem se dirigir, a partir de amanhã, das 8h às 18h, à sede da Secretaria de Educação, na Rua da Imperatriz, na Praça da Águia, no centro da cidade.