AnaMaria
Últimas Notícias / Imunização

Campanha de Mega Vacinação contra covid-19 começa neste sábado (20)

Ação terá eventos simultâneos em seis capitais

Agência Brasil - Brasília Publicado em 18/11/2021, às 14h33 - Atualizado às 14h33

Campanha de Mega Vacinação contra covid-19 começa neste sábado - Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Campanha de Mega Vacinação contra covid-19 começa neste sábado - Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Começa neste sábado (20), a campanha nacional de Mega Vacinação contra a covid-19. Para dar visibilidade à ação, o Ministério da Saúde vai promover eventos simultâneos nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo, Manaus, Curitiba, Salvador e Brasília. O ministro Marcelo Queiroga participará da iniciativa no Rio, que ocorrerá na Cidade das Artes.

A intenção é incentivar a população a voltar aos postos de vacinação para tomar a segunda dose ou a dose de reforço. A campanha tem como slogan "Proteção pela medade não é proteção" e vai até 26 de novembro. Neste período, os postos de vacinação em todo país estarão preparados para intensificar a imunização da população.

A ação pretende incentivar que os 21 milhões de brasileiros que não tomaram a segunda dose da vacina procurem os postos e completem o ciclo vacinal. A iniciativa também pretende atingir as pessoas que estão aptas a tomar a dose de reforço. Cerca de 9,3 milhões de pessoas podem reforçar a imunidade contra a doença com uma terceira dose.

“Nós queremos convidar a todos os brasileiros que não foram tomar a segunda dose, assim como a dose de reforço, a procurar as Unidades Básicas de Saúde, salas de vacinação e as estratégias usadas em cada município. Essas doses estão disponíveis para a população, que ficará mais protegida e ajudará o Brasil a superar a crise sanitária e dar exemplo com uma das campanhas de vacinação mais bem-sucedidas do mundo, promovida integralmente pelo Sistema Único de Saúde”, disse o ministro da Saúde.

DOSE ADCIONAL

Maiores de 18 anos que já completaram a imunização contra a covid-19 há cinco meses podem receber a dose de reforço a partir desta quinta-feira (18). A decisão foi anunciada pelo Ministério da Saúde, na última terça-feira (16), que também reduziu o intervalo entre as doses do imunizante. 

“Graças às informações que temos dos estudos científicos, nós decidimos ampliar a dose de reforço para todos acima de 18 anos que tenham tomado a segunda dose há mais de cinco meses”, informou Marcelo Queiroga, ministro da Saúde.

Já na sexta feira (19), pode ir até um posto de saúde tomar a terceira dose quem recebeu a imunização completa até o dia 17 de junho.

Todas as doses de reforço aplicadas serão da Pfizer, a recomendação do Ministério da Saúde é que a pessoa receba um imunizante diferente do aplicado nas primeiras vezes. “É preferencial que a dose adicional seja com uma vacina diferente. No Brasil usamos a Pfizer, mas em um eventual desabastecimento pode ser usada outra plataforma”, disse. 

Anteriormente, a dose de reforço estava disponível apenas para os maiores de 60 anos, imunossuprimidos, profissionais da saúde, entre outras categorias de risco. Com a mudança, cada pessoa deverá buscar a vacinação a partir da data de aplicação de sua última vacina.