AnaMaria
Últimas Notícias / Imunização

Capital paulista mantém vacinação no final de semana

Estão disponíveis vacinas contra a covid-19, sarampo, gripe e polio

Bruno Bocchini – Repórter da Agência Brasil - São Paulo Publicado em 16/04/2022, às 13h25

Estão disponíveis vacinas contra a covid-19, sarampo, gripe e polio - Tomaz Silva/Agência Brasil
Estão disponíveis vacinas contra a covid-19, sarampo, gripe e polio - Tomaz Silva/Agência Brasil

A capital paulista está disponibilizando aplicação de vacinas neste final de semana. Neste sábado (16), as AMAs/UBSs Integradas estão disponibilizando, até as 19 horas, vacinas contra covid-19, gripe, sarampo e poliomielite. Os locais de aplicação podem ser encontrados no portal Busca Saúde, da prefeitura.

Poderão se vacinar contra a covid-19 crianças de 5 a 11 anos de idade, adolescentes e adultos. Os postos aplicarão a primeira dose (D1), a segunda (D2) e doses adicionais de reforço (DAs).

Contra o vírus influenza, causador da gripe, a vacina está disponível para idosos acima de 60 anos e trabalhadores de saúde.

Contra o sarampo podem tomar a vacina crianças de seis meses e menores de cinco anos, profissionais de saúde e nascidos a partir de 1960. Para poliomielite estão aptas as crianças menores de cinco anos, sem histórico vacinal ou com esquema vacinal incompleto. Isso vale também para viajantes, imigrantes e refugiados de países endêmicos ou em surto.

Amanhã (17), domingo de Páscoa, a população poderá se vacinar contra a covid-19 e a gripe na tenda montada na avenida Paulista (nº 52), das 8h às 16h, e nos postos montados nos parques Buenos Aires, Severo Gomes, do Carmo, Vila Lobos, da Independência, e da Juventude, das 8h às 17h.

GRIPE

Ministério da Saúde iniciou no dia 4 de abril a campanha nacional de vacinação contra a gripe. A meta é imunizar cerca de 76,5 milhões de pessoas até o dia 3 de junho, data prevista para encerramento da campanha.

Em nota, o ministério alerta para a importância da vacinação dos grupos prioritários para evitar surtos da doença, que pode sobrecarregar os serviços de saúde e até levar à morte.

Segundo a pasta, 80 milhões de doses da vacina Influenza trivalente, produzidas pelo Instituto Butantan e eficaz contra as cepas H1N1, H3N2 e tipo B, estarão disponíveis no Sistema Único de Saúde (SUS).

No caso das crianças de 6 meses a menores de 5 anos que já receberam ao menos uma dose da vacina Influenza ao longo da vida, deve-se considerar o esquema vacinal com apenas uma dose em 2022. Para as crianças que serão vacinadas pela primeira vez, a orientação é agendar a segunda aplicação da vacina contra gripe para 30 dias após a primeira dose.

A campanha nacional ocorrerá em duas etapas. Na primeira, entre os dias 4 de abril e 2 de maio, serão vacinados idosos com 60 anos ou mais e trabalhadores da saúde.

A segunda etapa, que vai de 3 de maio a 3 de junho, tem como público-alvo crianças de 6 meses até 4 anos, 11 meses e 29 dias; gestantes e puérperas; povos indígenas; professores; pessoas com comorbidades; pessoas com deficiência permanente; membros de forças de segurança e salvamento e das Forças Armadas; caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso; trabalhadores portuários; funcionários do sistema prisional; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medida socioeducativa e pessoas privadas de liberdade.