AnaMaria
Últimas Notícias / intolerância religiosa

Carla Perez defende Xanddy da acusação de intolerância religiosa: ‘’Não posso me calar’’

Carla Perez defende Xandyy, acusado de intolerância religiosa

Da Redação Publicado em 07/08/2019, às 14h07 - Atualizado em 18/08/2019, às 10h56

Carla perez e Xandyy são casados há 18 anos. - Reprodução/ Instagram
Carla perez e Xandyy são casados há 18 anos. - Reprodução/ Instagram

A ex-dançarina Carla Perez usou suas redes sociais, na última terça-feira (6), para defender Xandyy, com quem é casada desde 2001. Recentemente, o cantor foi acusado de intolerância religiosa pela atriz Luana Xavier.

“Sou suspeita a falar, mas não posso me calar! Acredito que sou a pessoa que mais te conhece na terra depois da sua mãe. Jamais escolheria para minha vida, para ser pai dos meus filhos, um homem desrespeitoso, preconceituoso ou algo do tipo”, disse ela.

No mesmo dia, Xandyy já havia se pronunciado a respeito do assunto.

“Fui acusado de ser intolerante religioso e exposto na internet, onde pessoas que não me conhecem intimamente estão, infelizmente, reduzindo o meu caráter de forma irresponsável e tóxica. Eu respeito e amo o ser humano seja ele católico, espírita, umbandista, candomblecista, judeus, budistas, evangélico… Acima de tudo procuro respeitar a história, particularidade e trajetória de todos, aprendendo a cada dia”, começou ele.

“Muitas vezes, encontro nas incontáveis viagens que faço pessoas das religiões de matrizes africanas (principalmente na minha terra, na Bahia) e quase sempre, recebo um abraço gostoso, que vem acompanhado de palavras doces e, obviamente, tento corresponder à altura. Eu sou assim, gosto de ser assim. Quem me conhece sabe. De qualquer forma, peço perdão se ofendi alguém. Do fundo do meu coração, acreditem, não houve intenção de machucá-los. Que Deus abençoe a todos!”, concluiu.

INTOLERÂNCIA RELIGIOSA
Após assistir um show do Harmonia do Samba, grupo do qual Xanddy é vocalista, a atriz Luana Xavier usou as redes sociais, na última segunda-feira (05), para fazer um desabafo polêmico. 

"Já fui em inúmeros shows deles e sou muito fã. Mas hoje me decepcionei bastante com o Xanddy. Que ele é evangélico e fala bastante sobre sua religião, disso todo mundo sabe. E não é um problema. Falar da nossa própria religião é um direito”, iniciou. 

"Se por questões religiosas, morais ou seja lá o que for, ele não pode pronunciar a palavra 'Candomblé', então deveria tirar essa música do repertório. ‘Mas Luana, você foi se divertir em um show e já voltou problematizando?’ Sim! E sabe por que? Porque durante anos o Candomblé foi uma religião proibida de ser exercida", criticou. 
Para finalizar, Luana fez um pedido para o cantor: "Fica aqui um apelo de alguém que sempre admirou o trabalho dele: Respeite o nosso sagrado! Respeite a nossa fé!”.