Carlos Bolsonaro cria lei que proíbe atletas trans de competirem com cisgêneros

O vereador apresentou o projeto de lei na Câmara do Rio de Janeiro

Da Redação Publicado sexta 17 setembro, 2021

O vereador apresentou o projeto de lei na Câmara do Rio de Janeiro
Carlos Bolsonaro cria projeto de lei que proíbe atletas trans de competirem com cisgêneros - Reprodução Wikimedia Commons/Agência Senado

De acordo com informações publicadas no Portal UOL, Carlos Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, apresentou um novo projeto de lei na Câmara do Rio de Janeiro nesta sexta-feira (17). 

Segundo as informações, a medida do vereador prevê a proibição de competições para atletas transexuais que decidam por disputar na categoria ‘oposta ao sexo de nascimento’. Caso seja aprovada, a regra será válida apenas para a cidade do Rio de Janeiro

“Fica expressamente proibida a participação de atleta identificado como ‘transexual' em equipes, times esportivos, competições, eventos e disputas de modalidades esportivas, coletivas ou individuais, destinadas a atletas do sexo biológico oposto àquele de seu nascimento”, diz o projeto proposto por Carlos. 

A proposta também reforça que, caso os atletas trans optem por participar das modalidades, eles não receberão o auxílio esportivo concedido pela Prefeitura do Rio de Janeiro e podem receber multas de até R$10 mil. 

Em discurso recente, o filho de Bolsonaro tentou justificar a criação do projeto. “Com este argumento pseudocientífico e de clara ordem político-partidária, ativistas LGBT insistem que pais e mães devem permitir que suas crianças e adolescentes decidam, em tenra idade, questões de identidade sexual”, afirmou. 
 

Último acesso: 20 Oct 2021 - 08:49:22 (1150138).