AnaMaria

Cláudia Raia desabafa sobre morte de ex-funcionária: ''Disseram que morreu por minha causa''

A atriz desabafou sobre o assunto durante live na última quinta-feira (28)

Da Redação Publicado em 29/05/2020, às 12h33 - Atualizado em 25/06/2020, às 23h14

Claudia Raia desabafou durante live - Instagram/ @claudiaraia
Claudia Raia desabafou durante live - Instagram/ @claudiaraia

Cláudia Raia participou de uma live com Adriane Galisteu, na noite da última quinta-feira (28), e aproveitou o momento para fazer um desabafo. 

Durante o bate-papo, a atriz falou sobre a morte de Regina Célia da Silva, que foi babá de seus filhos, Enzo e Sophia, por 18 anos. 

Ela faleceu vítima do novo coronavírus, notícia que chegou após Claudia ter revelado que a família Raia foi toda diagnosticada com a doença.

Ao prestar uma homenagem para Regina, a quem considerava da família, a artista recebeu muitas mensagens de apoio dos fãs, mas ficou surpresa ao ser acusada por alguns internautas de ter transmitido o covid-19 para a ex-funcionária.

"Julgamento acho que é o mal do ser humano, é você botar o dedo na cara do outro e julgar antes mesmo de você saber o que está acontecendo. Eu acho que a internet têm coisas maravilhosas, mas ela deu voz a pessoas que não tem coragem de aparecer", desabafou a atriz.

E continuou: "Aí, acho que acontece uma coisa muito louca, porque nós somos humanos e temos um monte de coisas ruins dentro da gente, e a gente está nessa vida para melhorar e não para dar voz ao nosso ego, o problema é o ego".

Na sequência, a global falou sobre Regina. "A babá que trabalhou 18 anos comigo, que você conhece, a Celinha, que faz parte da minha família, uma das pessoas mais importantes da minha vida, mora no Rio e eu moro em São Paulo há cinco anos. E há seis anos que ela não trabalha mais comigo. Quando eu me mudei pra cá, meus filhos estavam grandes e ela foi tomar o rumo dela, mas sempre com a gente, na nossa família. E há uns quatro meses eu não a via, porque eu vim de POrtugal", explicou. 

A estrela revelou que há cerca de 15 dias, Regina foi encontrada desacordada em casa. Ela era diabética, mas não sabia e, ao ser hospitalizada, acabou contraindo o coronavírus durante a internação.

"Imediatamente me ligaram, eu organizei tudo daqui e ela foi internada. Quando ela entrou no hospital, ela fez teste e estava sem o coronavírus. Aí ela saiu, foi para a casa de uma amiga, sem saber que estava doente, ficou um dia, que foi justamente o Dia das Mães, que a gente se falou", contou a atriz.

"Então ela começou a passar mal e eu falei para ela ir na hora para o hospital. Organizei tudo de novo, ela foipra outro hospital. Chegando lá foi entubada, ficou 12 dias entubada e faleceu. Uma coisa triste,horrorosa", lamentou Claudia. 

Por fim, ela falou sobre ser pivô de comentários maldosos.

"Alguém disse 'ela pegou de você, morreu, e você está aí, maravilhosa'.Pensei: 'Gente, que loucura, eu tô começando a desacreditar da raça humana',as pessoas não sabem nada, se ela mora comigo, se ela trabalha comigo. E como vou ter controle disso? Como se eu fosse uma pessoa que deixa alguém que trabalha comigo desamparada por meio minuto. A pessoa não é obrigada a saber, mas como se acha no direito de dizer que ela morreu por minha causa?! É um ódio que se destila", conclui.