Cleo posa com blusa antiga e desabafa: ''Parei de usar por insegurança''

Atriz posou de barriga de fora e recebeu inúmeros elogios na web: ''Minha crush''

Da Redação Publicado terça 22 setembro, 2020

 Atriz posou de barriga de fora e recebeu inúmeros elogios na web: ''Minha crush''
Cleo fez desabafo sobre o corpo na web - Instagram/ @cleo

Cleo usou as redes sociais, na última segunda-feira (21), para desabafar com os seguidores.

No Instagram, a atriz compartilhou um registro com os seguidores em que aparece com uma blusa que, segundo ela, foi deixada de lado há algum tempo por conta de suas inseguranças com o próprio corpo.

Na imagem, a musa posa com a peça de decote e alcinhas, na cor branca, que deixa parte de sua barriga à mostra. Para completar o look, ela colocou uma calça preta de cintura mais alta. 

"Lembra que eu perguntei pra vocês o que tinha na minha gaveta? Ta aí... Essa blusa linda que com o tempo parei de usar por insegurança, sofri muito com isso por um tempo como vocês já sabem, mas depois aprendi a me amar e conseguir reviver aquelas roupas que deixei no fundo da gaveta. Já passaram por isso também?", questionou ela na legenda.

Rapidamente, os internautas teceram elogios para a musa nos comentários do post.

"Você é muito perfeita", disparou um seguidor. "Segue sendo minha crush desde os 15 anos", afirmou outra fã. "Deusa maravilhosa",completou uma terceira. 

ACEITAÇÃO

As irmãs Cleo e Antonia protagonizaram um momento emocionante ao falarem sobre autoaceitação e transtornos alimentares que já enfrentaram.

Durante um bate-papo no programa ‘Conversa com Bial’, comandado por Pedro Bial, as atrizes contaram sobre o período complicado. 

“Você toma coisas que tiram totalmente a sua fome e de repente você passa por alguma coisa emocional, que fica desequilibrada, e você come o pé da mesa. Não tem fim. Você come até passar mal mesmo”, revelou a primogênita de Glória Pires. 

Além dos problemas com a alimentação, Cleo afirmou ter tido depressão. Segundo a morena, ela contou com o apoio de seus familiares e com o auxílio da terapia para aprender a lidar com a situação. 

“Não levo de forma leve. Faço piadas com a minha condição, comigo, porque a vida também é maravilhosa e a gente tem que rir”, contou. 

Último acesso: 27 Oct 2020 - 09:01:48 (1124890).