AnaMaria

Compositor acusa Edir Macedo de plágio e pede R$ 550 mil em danos materiais

Valfredo Filho diz ter escrito uma das músicas cantadas na igreja Universal

Da redação Publicado em 15/05/2022, às 11h00

Edir Macedo é proprietário da Record TV - Divulgação
Edir Macedo é proprietário da Record TV - Divulgação

Um compositor chamado Valfredo Filho decidiu ir à Justiça para cobrar direitos autorais por uma música, supostamente de sua autoria, que é cantada na Igreja Universal há quase 30 anos.

De acordo com o UOL, ele alega que compôs a música "Ao Vencedor" em meados de 1992, e registrou a partitura da obra apenas dois anos depois sob o pseudônimo Alfredo Júnior.

Valfredo afirma também que a música passou a ser entoada na Igreja Universal em 1995, apenas em 2000 tomou conhecimento da situação, mas não tomou nenhuma providência.

Em meados de 2018, ele entrou em contato com a Associação Brasileira de Música e Artes, e passou a ganhar créditos.

No entanto, o cantor foi ao Judiciário indicando que sua obra tem sido utilizada desde os anos 90 em cultos religiosos, e em diversos sites de letras como sendo da autoria do Bispo Edir Macedo.

Valfredo disse ter deixado de receber direitos autorais, e pediu R$ 550 mil por danos materiais. O processo foi aberto no tribunal de Ubatuba, mas Edir Macedo ainda não foi citado para se defender.