AnaMaria
Últimas Notícias / Polêmica

Coreógrafa de Justin Bieber acusa cantor de exploração: ''Desumano''

Justin Bieber é acusado de exploração por antiga coreógrafa

Da Redação Publicado em 02/07/2019, às 15h42 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h47

Justin Bieber é acusado de agressão - Reprodução/Instagram
Justin Bieber é acusado de agressão - Reprodução/Instagram

Emma Portner, responsável pela coreografia da turnê mundial do álbum Purpose, de Justin Bieber, acusou o cantor de exploração. 

De acordo com a profissional, além de um pagamento mínimo pelo trabalho, o astro é responsável por desvalorizar mulheres na indústria musical, incluindo a própria.

"Eu me arrependo de ter trabalhado para você", afirmou Emma em seu perfil oficial do Instagram. "Eu dei para o seu universo o meu corpo ingênuo, minha criatividade, tempo e esforço. Duas vezes. Para o conteúdo que você fez milhões, enquanto eu não ganhei nada", afirmou.  

CRISE NO MUNDO POP 

O posicionamento de Portner veio após as polêmicas envolvendo Bieber, Taylor Swift e o produtor Scooter Braun.

Tudo aconteceu quando a Swift resolveu abrir o jogo sobre a compra da Big Machine Records, sua antiga gravadora. Com isso, Braun passou a ter os direitos das gravações da cantora. 

Em uma carta aberta, a dona do single 'Me' desabafou e se mostrou enjoada com a situaçaõ. No texto, ela revelou que o empresário agora possui o direito das músicas dos seus últimos seis discos. 

Acontece que Scooter e Taylor não se dão muito bem.

Após o desabafo de Swift, Justin Bieber e outros artistas se posicionaram a favor de Braun, como a cantora Demi Lovato.

No entanto, outros nomes da música prestaram apoio para Taylor, falando sobre outros casos de manipulação na equipe de Scooter. 

Até o momento, Braun e Bieber não se manifestaram sobre a polêmica.