AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Crônica da Xênia: Chega de patrulhar grisalhos!

Assumir os cabelos brancos incomoda demais as pessoas. Haja coragem!

Xênia Bier Publicado em 09/05/2016, às 10h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h44

Crônica da Xênia: Chega de patrulhar grisalhos! - Shutterstock
Crônica da Xênia: Chega de patrulhar grisalhos! - Shutterstock
Nossa redatora-chefe, Lana Bitu, fez recentemente em seu cantinho um desabafo por conta da reação das pessoas com o surgimento de cabelos brancos em sua bela cabeleira, indignadas por ela se recusar a usar tintura. E questiona Lana que essa escolha dela não diz respeito a ninguém, pois cabelos brancos não afetam o coletivo.
Ledo engano, minha querida! Então essa atitude ousada, provocante, não afeta o coletivo? Não é um simplesmente o cabelo grisalho, é uma mulher de cabeça erguida se mostrando sem artifícios. Uma mulher de bem com a vida, que aceita de bom grado essa nuvem prateada que começa a brilhar em seus cabelos.
  E não só as mulheres “exigem” que você tinja os cabelos. Os homens também. Como ficam ridículos de cabelo com tintura acaju. Pintam sobrancelhas, bigode... Ficam todos parecendo gigolôs! 
  Nos seus cabelos grisalhos, as pessoas são obrigadas a pensar na idade delas. E é aí que a coisa incomoda muito. Querem mais do que depressa que você esconda a sua idade tingindo os cabelos – ou sai já da minha frente! 
Em tempo: não sou contra tingir cabelos. Sou contra aquela mulher que exige que a outra esconda a idade dela. Quando não mais tingi os meus cabelos, que agora estão branquinhos, também fui alvo de uma patrulha implacável. Lana, não desista!